Artista sueco-congolês Mohombi convidado da XI edição da Gala dos CVMA

O vencedor de vários prémios internacionais, Mohombi junta-se a outros convidados da XI edição dos CVMA, marcada para 1 de outubro, na Praia.
Reprodução Facebook

Segundo um comunicado da organização dos CVMA, o sueco-congolês Mohombi é mais um artista que vai atuar na XI edição da Gala dos CVMA. O cantor que se distingue também pelo seu lado social, é Embaixador da Boa Vontade das Nações Unidas na República Democrática do Congo e tem desempenhado um importante papel na luta contra a pobreza e a fome no seu país de origem.

Filho de mãe sueca e pai congolês, aos 12 anos Mohombi, juntamente com o irmão saiu do Congo para fugir da guerra, passando a viver na Suécia, onde estudou no Conservatório de Música de Estocolmo.

Com o passar do tempo o artista decidiu aventurar-se para o mercado dos EUA. Mudou-se para Los Angeles, onde conheceu o conceituado produtor RedOne, conhecido por trabalhar com Lady Gaga, Usher e Jlo. A partir daí, o artista lançou uma série de “hits” de sucesso e colaborou com artistas de renome tais como: Akon, Nelly, Pitbull, NicoleScherzinger (Pussy Cat Dolls).

Dono de um curriculum extenso, Mohombi Nzasi Moupondo já vendeu milhões de discos e já recebeu troféus nos Kora Awards, além de um Grammy pela sua participação no álbum de Pitbull, bem como um prémio BillBoard pelo mesmo trabalho, entre outros vários prémios a nível internacional.

De recordar que James dos Reis, Big Rasta e Ceuzany são também outros convidados que farão parte da gala dos CVMA, dia 1 de outubro, na cidade da Praia.

Cátia Gonçalves/ estagiária

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Agenda