Festival Grito Rock de 2024 é realizado com foco nas causas ambientais marinhas

A 8ª edição do festival Grito Rock é organizada com o propósito de sensibilizar a população cabo-verdiana para a proteção dos oceanos.

Após uma pausa de quatro anos, o festival Grito Rock está de volta neste mês de março. A 8.ª edição acontece sob o lema “Segurança Balnear” e é dedicada à sustentabilidade, proteção de tartarugas e das praias. O evento acontece no dia 23 de março na cidade da Praia.

A 8.ª edição homenageia o professor Tó Tavares da escola de Música Pentagrama, uma forma de reconhecimento pela contribuição que o profissional tem dado às crianças, artistas e instrumentistas cabo-verdianos através da formação musical.

“Com sua escola o professor tem feito um grande trabalho e hoje em dia temos artistas cabo-verdianos de renome que saíram da escola. Esperamos que continue a promover a cultura do nosso país e o ensino de música através de instrumentos acústicos ou eletrónicos”, afirmou um dos mentores do festival, César Freitas, durante uma conferência de imprensa na Câmara Municipal da Praia.

Por outro lado, Ricardo Teixeira, também da organização, apontou que este ano o programa do evento foi encurtado devido à falta de verba e engajamento entre novos e antigos parceiros. “O festival estava orçado em cinco mil contos mas só conseguimos dois mil”, afirmou, sendo que mil contos são financiados pela edilidade praiense e 600 contos pelo ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, MCIC.

“Devido às limitações financeiras o evento vai contar com quatro bandas musicais, sendo duas bandas cabo-verdianas, The Sourse e Archipels, e duas bandas de Portugal, Viralata e Serrabulho”, complementou César Freitas.

Segundo a mesma fonte, vários eventos constam do programa do festival, entre os quais uma sessão de cinema documental que terá lugar no Centro Cultural Português (Instituto Camões), no dia 20 de Março, às 19h00, onde será apresentado um documentário produzido pela produtora Artikul CJ.

O mesmo adianta que no dia 21 vai ser realizado o “Grito Encontro”, que é um intercâmbio de artistas e convidados com troca de experiências e que terá lugar na Câmara Municipal da Cidade da Praia às 19h00, com a participação de artistas tradicionais e de escolas.

Já o festival Grito Rock acontece no sábado, dia 23, na Praça Luís de Camões (Pracinha Escola Grande), das 17h até às 00:00h com entrada livre.

Presente na conferência, o vereador da Cultura, Jorge Garcia, enfatizou a importância do festival, sobretudo pelo cariz educativo que agrega, com as palestras, workshops e as campanhas ambientais. “É, sem dúvida, o maior evento de música alternativa que temos em Cabo Verde em todas as realizações de festivais de música”.

Cidália Semedo/ Estagiária

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Agenda