Grupos infantis dão abertura ao Carnaval 2024 na Praia

A Avenida Cidade de Lisboa, na Praia, recebeu este ano cinco grupos infantis para brincar a festa do Rei Momo.

Centenas de crianças de diferentes instituições de ensino marcaram presença na Avenida Cidade de Lisboa, e espalharam brilho e carisma, dando assim neste domingo, dia 11, a abertura do Carnaval 2024. O desfile contou com a presença dos jardins infantis: Jardim Amor é Vida, Jardim Suzy, Jardim Catly, da EBI Centro Educativo Coração de Jesus e um grupo de animação do Comité Olímpico Cabo-verdiano.

O Centro Educativo Coração de Jesus abriu o desfile por volta das 16 horas, com o tema “Combater as alterações climáticas”. Segundo a representante, Maria do Carmo, o grupo abraçou este tema devido aos problemas ambientais no mundo de hoje que levaram a um aumento da temperatura e à degradação do oceano e do meio ambiente. “O propósito é alertar e mudar a nossa comunidade sobre essas ações climáticas”.

Maria do Carmo enalteceu a oportunidade que o Centro Educativo tem de comemorar a festa do carnaval desde 2018. A mesma fonte conta em entrevista ao Balai, que trabalha com 927 alunos, mas devido às condições financeiras, nem todos os alunos tiveram a oportunidade de participar do Carnaval este ano. “Mas em princípio temos 80% dos alunos na avenida”.

“(…) sem a ajuda da Câmara Municipal da Praia, que contribui com 200 mil escudos para cobrir as despesas, não conseguiríamos realizar o Carnaval de 2024”, finalizou.

O Comité Olímpico Cabo-verdiano aliou-se às escolas de Achada Santo António e trouxe 1200 figurantes para representar o tema “Jogos Olímpicos da Antiguidade até Paris”.

“Escolhemos este tema devido à realização dos Jogos Olímpicos que vão decorrer em Paris. O foco é promover o espírito olímpico junto ao público e das nossas crianças”, disse a representante do grupo, Simone Andrade.

Acrescentou dizendo que a ideia é demonstrar para a comunidade que os Jogos Olímpicos não são apenas uma competição e que existem valores olímpicos importantes como a amizade e o respeito entre os atletas.

Mesmo sendo a primeira vez a participar do desfile do carnaval e com poucos recursos, o grupo trouxe para avenida muita folia, alegria, carisma e espírito olímpico.

Já o Jardim Amor é Vida, pela terceira vez a brincar o Carnaval, trouxe 85 figurantes, incluindo funcionários, pais e encarregados de educação, com tema “Mundo encantado”.

De acordo com a representante, Irmã Domingas, a escolha do tema vai no sentido de sensibilizar os adultos que as brincadeiras são muito importantes para as crianças. “A criança aprende brincando”.

“A nossa ideia é que a recriação que o carnaval proporciona vai estimular a imaginação das crianças e ao mesmo tempo o mundo encantado está centrado nos desenhos animados e nas diferentes personagens do mundo encantado que as crianças assistem”, justifica a representante.

A representante do jardim agradeceu os pais que contribuíram para que as crianças participassem da festa do Rei Momo deste ano e a Câmara Municipal da Praia pela quantia de 100 mil escudos.

Em seguida foi a vez do Jardim Suzy, que homenageou a seleção cabo-verdiana de futebol, os Tubarões Azuis, com o tema “Desporto com Crianças em Alas Simulando”.

Suzete Silva, representante do jardim, afirmou que para realizar o Carnaval foi preciso o auxílio dos pais e da Câmara Municipal da Praia que contribuiu com 100 mil escudos para que fosse possível trazer os 80 figurantes para celebrar a “magia do Carnaval do jardim”.

O desfile do Carnaval foi encerrado pelo Jardim Catly, com 130 figurantes distribuídos em 13 alas, visando o tema “Saúde e Desporto”.

“O tema foi escolhido para representar os Jogos Olímpicos que significa que as nações podem unir a paz e a harmonia e também para dar força para a seleção cabo-verdiana na próxima competição”, relatou Maria Monteiro, representante do jardim.

O Carnaval infantil contou com um número razoável de pessoas no público, desde pais e encarregados de educação e alguns curiosos, que se mostraram satisfeitos com a apresentação das crianças.

“Vim assistir a minha filha a desfilar e estou muito contente com a apresentação e organização do evento”, contou Eloisa Andrade.

Alguns grupos e pais, apesar de se mostrarem satisfeitos com o resultado do desfile, apontaram a falta de recursos devido à inflação dos preços dos produtos e da saída recente da época festiva do mês de dezembro de 2023 como uma limitação.

Nesta terça-feira no dia 13, acontece o desfile dos grupos oficiais do carnaval da Cidade da Praia e alguns grupos de animação, de acordo com o depoimento dos representantes os grupos estão com altas expectativas e prometem entregar o melhor Carnaval dos últimos anos.

Cidália Semedo/ Estagiária  da EBI

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Agenda