Indira: “Este EP é um retrato cantado da realidade dos bairros de Cabo Verde”

Irreverente e carismática, a cantora Indira deu um cheirinho do que o público poderia esperar dela com os dois primeiros singles: “Gato Loja” e “Bersu di Iluzon”. Na mesma linha, lançou no dia 2 de julho o primeiro EP “Mil Paus”. Em entrevista ao Balai, a artista que é também professora de inglês afirma que o novo trabalho é “um retrato cantado da realidade dos bairros de Cabo Verde”.

Começou a cantar há algum tempo, mas foi em 2020 que surgiu a oportunidade, através da produtora Harmonia, de lançar o seu primeiro single “Gato Loja”. Depois de quase um ano, Indira apresenta ao público “Mil Paus”, um trabalho que é “um retrato cantado da realidade dos bairros de Cabo Verde”, explica a cantora que  é originária do bairro do Safende.

 

 

O título do primeiro trabalho de Indira que conta com 6 faixas é bastante peculiar – Mil Paus. “É um dos temas mais cómicos do EP que conta a história de uns ‘tios’ que querem dar ‘basofaria’ mas só tem mil paus no bolso”, explica.

 

 

O videoclipe do primeiro single do EP já está no mercado e intitula-se “Pé Finkadu na Txom”. Indira garante que os seus pés estão bem assentes na terra e explica que o single fala dos estereótipos associados à forma como deve ou não agir socialmente uma mulher.

 

 

“É muita pressão que aos poucos temos de quebrar este preconceito à volta da ‘mulher perfeita’ sobre como te deves comportar para seres respeitada”, explica até porque o objetivo dos seus trabalhos é trazer este tipo de temas.

 

 

“Tens de saber quem és para que as pessoas não exijam de ti a forma como deves ser. Todos têm uma opinião a dar, mas ninguém sabe o que tu és e o que já passaste na vida”.

 

 

O seu primeiro single lançado em 2020 foi “Gato Loja” e segundo a professora de inglês, o feedback até então tem sido muito positivo, inclusive dos seus alunos.

 

 

Diz que é irreverente desde criança, contudo quando necessário veste “a capa de professora” para mostrar a sua faceta mais compenetrada.

 

 

Mas como foi possível apostar numa carreira musical dentro de um contexto de pandemia? Indira diz que a aposta maior tem sido nas redes sociais, mas acredita que tudo está a encaminhar-se para o melhor.

 

 

Aberta a desafios, a artista diz que gostaria de gravar em inglês, mas que para já prefere cantar na língua materna.

 

 

Entrevista completa no vídeo em cima.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest