IPC realiza escavações arqueológicas em Alcatraz São Domingos

O Instituto do Património Cultural iniciou ontem, dia 1, até ao dia 11 de Novembro, a retoma das escavações arqueológicas em Alcatrazes, com vista a estabelecer a extensão e gravidade dos danos causados recentemente.

Conforme o IPC, uma equipa de arqueólogos da Universidade de Cambridge, composta por Cristopher Evans e Marie Louise, se encontram no País e já mantiveram um encontro com aquela instituição, durante a qual puderam fazer uma articulação quanto a uma retoma a partir de hoje, que tem como principais ações encontrarem as partes mais bem conservadas, escavar com sonda para recuperar mais material para datação e exibição futura, bem como a colecta de história oral.

Durante este exercício, avança ainda o IPC, que pretendem iniciar a avaliação do potencial turístico local e continuar com os trabalhos adicionais para estabelecer a extensão do local e proceder à escavação para recuperar mais material para datação daquele sítio que possui um valor histórico para o País.

Acrescenta ainda o documento, que durante os trabalhos vão utilizar os drones para uma melhor localização do espaço.

Com esta prospecção, que teve sua primeira fase em 2012, pretende-se aprofundar o conhecimento sobre a história daquele sítio, classificado como património nacional, que fora em tempos, a Capitania do Norte, no mesmo período que a Cidade Velha.

Instituída no século XV, a capitania de Alcatraz teve como seu primeiro capitão-donatário Diogo Afonso, num reconhecimento régio em virtude da descoberta das ilhas do Barlavento.

Há que realçar que as escavações serão realizadas em parceria com a Câmara Municipal de São Domingos, sendo que no dia 12 de Novembro acontecerá a conferência “História e arqueologia de Alcatraz”.

Inforpress

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Deixe um comentário

Follow Us

Agenda