“Kamin di Prata”, álbum de estreia do coletivo Sizal lançado este sábado

O disco é composto por 10 faixas que retratam a resistência e a força do povo cabo-verdiano.
Foto@cedida pela Insulada

Após estreia no palco do Atlantic Music Expo 2024, o coletivo do Mindelo Sizal prepara-se para lançar no mercado este sábado,15, o primeiro trabalho discográfico denominado “Kamin di Prata”.

O álbum é composto por 10 faixas, três das quais os videoclipes já foram divulgados, nos estilos coladeira, morna, batuco, mazurka e “san jon”.

“Lua”, “Dandara”, “Mucinhu”, “Ka Bu Bai”, “Kamin do Prata” “1973”, “Pidjiguiti”, “Aguarela”, “M Kre Ba” e “Ubuntu” são os temas que compõem Kamin di Prata, que conta com a participação especial do mindelense Tiago Silva e de um segundo artista que o grupo prefere deixar para surpresa.

Segundo um comunicado da produtora Insulada, “cada um dos temas é um momento.”

O caminho que nos leva desde o primeiro tema ao último é quase que ‘narrado’ por Mucinhu – a personagem principal das estórias do álbum. Assim, temáticas como a resistência escrava e dos quilombos, filosofias africanas como a do UBUNTU, eventos como o massacre de Pidjiguiti, a importância de Cabral, o sofrer na ‘terra longi’ – juntam-se à doce inocência dos amores de infância, cânticos infantis sobre a lua, a esperança d’azágua – num todo onde o amor é esperança e ser crioulo a nossa marca maior”, lê-se no comunicado que avança que a capa do álbum é do artista Sai Rodrigues.

O projeto musical que traz uma nova abordagem e uma nova sonoridade à música cabo-verdiana é composto pelo produtor musical Henry Fernandes e por Liriel Delgado, Roberto Roque, Rayan Helal e Edénio Fonseca. “Cada membro traz a originalidade das suas vozes para a tapeçaria sonora do grupo, formando assim um todo musical onde a criatividade e paixão são pilares do todo.”

Sizal surgiu após Henry Fernandes ter convidado quatro jovens talentosos que se destacavam em diversas áreas, como instrumentação, composição de letras e diferentes contextos criativos, para participar do projeto.Esse diálogo coletivo manifestou-se na forma de música, num grupo que trabalhava junto há 5 anos, sendo os dois últimos enquanto Sizal.”

No dia 22 de junho o coletivo vai participar nas festas de São João em Ribeira de Julião, São Vicente, juntamente com outros artistas de renome.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Agenda