Lei que estabelece 31 de Julho como Dia Nacional do Batuco entra em vigor

Lei que estabelece 31 de Julho como Dia Nacional do Batuco entra em vigor

A lei que estabelece o 31 de Julho como Dia Nacional do Batuque entrou hoje em vigor, visando a valorização do batuco como um dos géneros musicais mais antigos de Cabo Verde.

De acordo com a publicação no Boletim Oficial (B.O.), esta iniciativa tem como objectivo reconhecer a sua importância como Património Nacional além de louvar os intérpretes e aqueles que ajudaram na criação do universo cultural diversificado que expressa, no batuco, a alma cabo-verdiana e reconhecer os direitos humanos, os direitos dos cidadãos, das populações e das mulheres.

De acordo com o documento, o Batuco é um género musical cabo-verdiano, tradicionalmente executado por mulheres, que se baseia na percussão e no canto e dança. É um património cultural de Cabo Verde, principalmente na ilha de Santiago.

“O batuco, segundo dados históricos, é um género musical originário da ilha de Santiago, com características padrões, desde o século XVIII, sendo provavelmente o género mais antigo de Cabo Verde”, pode-se ler no B.O.

O “Dia Nacional de Batuco” é comemorado por toda a nação cabo-verdiana, no país e na diáspora.


Inforpress/Fim

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Agenda

Follow Us

Deixe um comentário