Receita dos bilhetes do Festival Nha Santa Catarina 2022 reverte-se para projetos sociais

As receitas de bilheteira do festival de música “Nha Santa Catarina 2022”, aprazado para esta sexta-feira e sábado, vão reverter-se a favor de dois projectos sociais da edilidade: a Loja Social e a Casa da Sopa.

O evento, destaque das festividades do dia da santa padroeira Santa Catarina e do Município que comemora 188 anos no próximo dia 25 de Novembro, e que volta a ter como palco o Estádio Municipal de Cumbém, Assomada, é organizado pela edilidade santa-catarinense e conta com a produção da JM Produções & Eventos.

“O Festival Nha Santa Catarina é um grande evento da cidade de Assomada, de Santa Catarina e da região de Santiago Norte, que, este ano, faz uma grande aposta na área social, já que 30 por cento (%) da receita de bilheteira está direcionada para a Loja Social e para a Casa da Sopa. Uma aposta na área social extensível à transmissão em direto do festival, onde haverá a funcionalidade de transferência de fundos para estas duas instituições”, anunciou o vereador da Cultura.

Péricles Brito, que falava em conferência de imprensa, lembrou que, desde o início do ano até Outubro, o município liderado por Jassira Monteiro já investiu na área social cerca de 34 mil contos, que segundo ele “contraria alguns pontos de vista considerando que os recursos gastos no festival deveriam ser canalizados para o apoio a pessoas mais fragilizadas”.

“Não se trata de uma despesa, antes de um investimento num festival de grande visibilidade para Santa Catarina. Não podemos pensar pequeno, descurando os reflexos do evento na economia local”, reforçou.

Aliás, adiantou que o referido evento vai trazer a Assomada largos milhares de pessoas, provenientes, essencialmente, de toda a ilha de Santiago e vai lotar as unidades hoteleiras, vai dar mais consumidores à restauração, vai animar o comércio e vai proporcionar rendimentos a rabidantes, vendedores e suas famílias, que lhes permitem melhorar a sua qualidade de vida.

Por outro lado, informou que a edição deste ano tem um orçamento de 12 mil contos, a que se deduzem 4.000 contos de patrocínios e das receitas provenientes das vendas do “free pass”, que garantiu é 500 escudos por cada dia.“Portanto, trata-se de um bom investimento, num evento que traz a Assomada grandes nomes da música nacional e internacional”, defendeu Péricles Brito.

No primeiro dia, sexta-feira, 18, sobem ao palco Beca KP, BigZ Patronato, Dynamo, Elida Almeida, Jennifer Dias, Lito Freire, Tikai e os talentos locais como DuDek & JP e Alex Jimmy.

No segundo e último dia, 19, estão previstas atuações dos Calema, Du Marthaz, Josslyn, Fidjus di Code di Dona, Leo Pereira, MC Acondize, Ruben Teixeira, PCC, Soraia Ramos, Zé Mário Bulimundo e talentos locais como Djarrull e Luca.

A animação dos dois dias do festival de música vai estar a cargo do DJ Pensador (apresentador), DJ Wilson (DJ oficial) e, ainda, a participação especial do DJ Nuel, MC Euclides e MC Neguinho.

Péricles Brito acredita que tudo vai decorrer dentro da normalidade, tendo em conta que a segurança vai ser assegurada pela Polícia Nacional, Bombeiros e Proteção Civil, Cruz Vermelha, segurança privada, fiscais municipais e da Electra que reforçou a iluminação pública no bairro de Cumbém e não será permitida a circulação de bebidas em garrafas ou latas.

De momento, o palco, a iluminação, o som e as barracas de comes e bebes já estão a ser montados e, segundo o responsável do pelouro da Cultura, vão estar prontos para o arranque do certame marcado para as 22:00 desta sexta-feira e término às 08:00 de sábado.

Para assinalar as festividades da santa padroeira, Santa Catarina, foi programado um leque de atividades culturais e desportivas que arrancaram desde Outubro.

As festividades terão o seu ponto alto no dia 25 de Novembro com uma procissão e missa em honra à santa padroeira.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Agenda