Sikinada apresenta “Os dias de Birgitt” no auditório do Centro Cultural Português na Praia

A companhia de teatro Sikinada regressa hoje ao palco com a apresentação da peça “Os dias de Birgitt” no auditório do Centro Cultural Português na Praia.

Warning: Trying to access array offset on value of type bool in /home/customer/www/balai.cv/public_html/wp-content/themes/twentytwentyone/inc/template-functions.php on line 432

Depois de mais de um ano fora dos palcos devido à pandemia da covid-19, a companhia de teatro Sikinada está de volta com a apresentação de três dias seguidos (15,16 e 17) da sua sexta produção teatral intitulada “Os dias de Birgitt”.

Á Inforpress, o presidente da companhia de teatro, José Bettencourt, frisou que a peça retrata um tema actual que tem a ver com a doença do cancro, cujo nível de crescimento, segundo o mesmo, tem tido “incidência nos jovens”.

 

A peça “Os dias de Birgitt” conta a história de uma mulher que, de um dia para o outro, é confrontada com essa inevitabilidade… de um dia para o outro é confrontada com uma doença terminal.

 

Uma abordagem contemporânea, segundo o mesmo, no limite entre a sobriedade e o humor de uma temática cada vez mais presente nas nossas sociedades.

 

A seu ver, trata-se de uma “boa peça, muito bem escrita” por Mário Lúcio, e o objectivo desta apresentação é levar as pessoas a reflectirem sobre a temática.

 

Depois de um mais de um ano longe dos palcos, que levou a interrupção após a primeira apresentação, Pedro Bettencourt destaca alguma “dificuldade e desgasto”, mas disse esperançoso no evoluir “positivo” da pandemia para dar continuidade ao trabalho.

 

“Os dias de Birgitt” conta com a participação de três actrizes e, segundo o presidente da companhia de teatro, “é uma peça com qualidade e com pés para andar, podendo ser apresentado em qualquer lugar”.

 

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Agenda