X Edição dos CVMA: Organização promete “uma gala forte”

Devido à mudança do local da gala, que era previsto ser na Assembleia Nacional, o orçamento dos CVMA passou dos 14 para os 16 mil contos.

Está tudo a postos para a realização da X edição dos Cabo Verde Music Awards. A gala acontece este sábado, 06, no largo Amílcar Cabral, ao lado da Biblioteca Nacional, na cidade da Praia. Em conversa com o Balai CV, Dilza Soulé, da organização, diz que apesar dos constrangimentos derivados da mudança de local, já se está a ultimar os preparativos para o evento. “Toda a estrutura já está montada e os artistas já estão no país”, diz admirada com a experiência de acompanhar a montagem da estrutura da gala. “É um trabalho enorme para três horas de show”.

“Os constrangimentos com a mudança de local são enormes, principalmente na parte financeira. Já tínhamos tudo acordado, mas ligaram-nos duas semanas antes dos CVMA a comunicar que, infelizmente, por causa da tomada de posse do novo Presidente da República no dia 09 de novembro não podiam realizar nenhum evento na Assembleia Nacional antes dessa data”, conta e salienta que tiveram que procurar outro espaço.

Dilza Soulé frisa que a gala dos CVMA só está a acontecer graças à parceria que a organização tem com o empresário e promotor de eventos Gilson Lima.

“Graças à nossa parceria com Gilson Lima que estamos a conseguir, efetivamente, realizar essa gala nesses moldes. É claro que não estamos a conseguir pagar-lhe o que realmente o serviço custa. Tenho que lhe agradecer”, afirma.

A mudança da Assembleia Nacional para o largo Amílcar Cabral fez o orçamento dos CVMA aumentar para os 16 mil contos. “Já ultrapassamos o orçamento que inicialmente tínhamos anunciado que era de 14 mil contos. Surgiram novos custos e tivemos que colocar mais dinheiro. Mas tivemos a felicidade de encontrar alguns parceiros nessa reta final da organização da gala”.

Outro fator enaltecido por Dilza, é o custo das passagens internacionais dos artistas que vão participar na gala. “As viagens internacionais saíram mais caras do que o previsto”, salienta e realça que na época dos TACV as coisas eram mais flexíveis e melhores.

CVMA 2021, um ano de trabalho árduo

Segundo a promotora do evento, organizar uma gala em tempos da pandemia da covid-19 é “muito difícil”. “Há cerca de um ano que estamos nessa luta para fazer a X edição dos CVMA. É um trabalho árduo e muito complicado porque nessa pandemia é difícil conseguir a parte financeira. Mas por outro lado é bom porque todos estão com sede e ansiosos para a retoma dos eventos. A gala dos CVMA é o primeiro grande evento a se realizar após a reabertura dos eventos culturais”.

Quanto às suas expectativas sobre a realização da gala, Dilza diz que estão a trabalhar com muito amor, esforço e dedicação para conseguirem realizar os CVMA tendo em conta toda essa conjuntura da covid-19. “Temos boas expectativas porque temos o engajamento dos artistas que é muito importante e o público também está a reagir favoravelmente. Estamos a preparar uma gala cheia de emoção e glamour. Vamos ter algumas surpresas e o público pode esperar muita emoção, brilho e, principalmente, calor humano. Uma gala forte”.

Os artistas Gil Semedo e Grace Évora vão ser homenageados na gala que vai ser apresentada pela cantora Nancy Vieira e por Dorival Bettencourt, que é filho do músico Humberto Bettencourt Santos “Humbertona”. A apresentadora da televisão nacional e influencer digital Kathy Moeda vai estar nos bastidores da gala.

Dilza Soulé revelou ao Balai que os cerca de 30 artistas que vão marcar presença no evento já estão no país. Tito Paris, Cee Jay Cena e Cuca Roseta são os convidados especiais dos CVMA.

“Queremos frisar que, em parceria com o Instituto Nacional de Saúde Pública (INSP) e os artistas, estamos a fazer uma campanha de sensibilização de vacinação nas áreas mais necessitadas que são em Santiago Norte. Nesta quinta-feira, 04, os artistas estiveram em Assomada e Tarrafal”.

Em prol de uma gala segura, a organização explica que será exigido a apresentação do cartão de vacina, certificado de vacinação ou apresentação do teste de covid-19.

No que tange à venda de bilhetes, a mesma fonte diz que “está a correr bem”.

Os bilhetes encontram-se à venda na app PassiD e custam 2000 escudos. Já os ingressos para a After Party custam 1000 escudos e encontram-se à venda na loja CVBrands (Palmarejo), Livraria Nhô Eugénio (ASA), Loja Cores e Doces (Plateau).

Segundo a organização, os vencedores das categorias nomeadas vão atuar na “After Party”, que vai contar com a animação do DJ Pensador, DJ Ima e do DJ Kevy Delgado.

A gala dos CVMA arranca a partir das 21h00 deste sábado, 06, com a habitual “Red Carpet” (passadeira vermelha). O evento, que terá a duração de três horas, vai ser transmitido na Televisão Nacional e nas redes sociais dos CVMA. “Tenho que frisar a pontualidade porque a transmissão em direto não pode falhar o horário”, conclui.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest