Comer à noite: 10 comidas que deves evitar ao jantar

Comer à noite: 10 comidas que deves evitar ao jantar

O jantar é a última e maior refeição do dia. Escolher os alimentos certos ao jantar é muito importante, já que esta refeição fornece grande parte da tua nutrição e sustenta-te até ao dia seguinte. Sabe quais os 10 alimentos que deves evitar comer à noite.

Os alimentos que ingerimos à noite afetam o nosso sono, a nossa capacidade de perder peso e agravam certas condições de saúde, como a diabetes e o refluxo ácido.

Se tens frequentemente fome durante o dia, pode ser porque não estás a ter um sono de qualidade suficiente. Não sei se sabes, mas um sono de qualidade é crucial para manter um peso saudável e regular os níveis de insulina.

Nesse sentido, não é bom ir para a cama com fome, uma vez que isto pode provocar quebra de açúcar no sangue, pode causar insónias e perturbar o sono.

Assim, ao jantar deves alimentar-te bem e optar por alimentos ricos em nutrientes. Pelo contrário, há alguns alimentos que, quando ingeridos a horas noturnas podem atrapalhar o teu sono, devendo também ser evitados.

Eis, os alimentos que não deves consumir antes de dormir, de modo a não atrapalhar o teu sono:

Café

O café é ótimo para aumentar o teu estado de alerta e produtividade durante o dia. Mas se beberes demasiado podes ter dificuldade em dormir.

A cafeína é um estimulante do sistema nervoso central que atua bloqueando os recetores de adenosina no cérebro. Quando a adenosina liga-se a estes recetores, causa sonolência. Assim, ao inibi-los, a cafeína impede-os de causar sonolência.

Sem qualquer surpresa, o café deve ser evitado à noite, uma vez que perturba o nosso ciclo de sono.

Refrigerantes

Os refrigerantes são abundantes em açúcar, e bebê-los antes de dormir, quando estás menos ativo, pode resultar num aumento de peso.

Além disso, algumas bebidas estimulantes, como a Coca-Cola e Red Bull, também contêm quantidades significativas de cafeína. Este ingrediente confere-lhes a capacidade de nos manter acordados, como acontece com o café.

Chás e mate

Tal como as bebidas anteriores, o consumo de mate e chá-preto também não é recomendado à noite, devido às altas concentrações de cafeína.

Já o chá verde possui L-teanina, um aminoácido que promove o aumento dos níveis de dopamina e serotonina, neurotransmissores relacionados com o relaxamento. No entanto, o ideal é que o seu consumo seja feito durante o dia para que ele ajude o teu sono horas depois.

Álcool
O álcool perturba os ritmos normais do sono. Quando bebemos álcool, o nosso corpo liberta a hormona do stress, o cortisol. Ao longo do tempo, níveis elevados de cortisol estão associados a inflamação, aumento de peso e aumento do risco de desenvolver doenças crónicas, como doenças cardíacas e diabetes tipo 2.

Além disso, o consumo de álcool pode fazer-te adormecer mais rapidamente, mas é menos provável que entres na fase REM do sono, que é a importante fase do sonho. Isto fará com que te sintas mais cansado e preguiçoso no dia seguinte.

Caso bebas álcool, recomenda-se que este seja ingerido algumas horas antes de dormir. Por exemplo, num dia em que jantes mais cedo.

Salgados

Comer snacks e alimentos salgados à noite podem levar a perturbações do sono. O sal pode reter líquidos, o que pode causar inchaço e desconforto. Ao ser desconfortável dormir numa posição deitada com o corpo inchado, podem causar até duas a três horas de perturbações do sono por noite.

Além disso, o sal pode estimular o apetite, o que pode levar-te a comer mais ainda.

Hidratos de carbono refinados

Quando ingeres hidratos de carbono refinados, o intestino decompõe-nos rapidamente em açúcares simples e, por esta razão, têm um índice glicémico elevado e inundam rapidamente o sangue com açúcares simples quando os ingeres.

Algum açúcar é utilizado como energia. Mas quando comes antes de dormir, não tens oportunidade de os queimar, então é armazenado como gordura, o que pode levar a um aumento de peso.

Alimentos gordurosos

O consumo de alimentos ricos em gorduras saturadas, como os takeaways, os fritos e algumas refeições prontas, bem como as carnes vermelhas e processadas, não são aconselháveis antes de dormir.

Estudos sobre o sono revelaram que comer uma refeição rica em gordura ao jantar faz com que acordes mais durante a noite e que passes menos tempo num sono reparador. Pode até afetar a forma como respiras enquanto dormes e levar a perturbações do sono causadas pelo refluxo ácido.

Comida picante

Os ingredientes picantes, molhos picantes, ou alimentos como malaguetas, podem causar indigestão ou acidez estomacal, que não te deixam dormir.

Além disso, comer alimentos quentes e condimentados aumenta temporariamente a temperatura do corpo, o que também pode afetar negativamente o sono. Por estas razões, é preferível que ingiras estes alimentos à hora de almoço.

Chocolate

Além da quantidade de açúcar, o chocolate contém naturalmente cafeína, que perturba os padrões de sono, fazendo-te sentir cansado, sem energia e preguiçoso no dia seguinte. De uma maneira geral, quanto mais escuro for o chocolate, maior é o teor de cafeína.

Além disso, o chocolate contém o estimulante teobromina, razão pela qual comer chocolate faz-te sentir tão bem. Mas é também por isso que o chocolate pode manter-te acordado se o comeres antes de dormir.

Gelados

Os gelados, apesar de serem das sobremesas mais populares de sempre, devem ser evitados depois do jantar, uma vez que contêm elevados níveis de gordura e açúcar.

Este alimento com elevado teor de açúcar e gordura demora muito tempo a digerir. Por isso, se o comer à noite antes de dormir, quando te deitares, ainda estarás a gastar energia para os digerir.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook

Pode gostar também

Deixe um comentário