Hipertensão Arterial: Estilo de vida descontrolada constitui um dos principais fatores para aumento de casos em Cabo Verde, diz especialista

O médico cardiologista Fernando Tavares disse hoje que o estilo de vida descontrolado constitui um dos principais factores para o aumento de casos da hipertensão arterial em Cabo Verde.

Fernando Tavares fez esta afirmação no âmbito da comemoração do Dia Mundial da Hipertensão celebrado anualmente a 17 de Maio com o objectivo de promover a consciencialização pública sobre o perigo desta doença, como prevenir e controlar.

Em Cabo Verde, segundo este especialista, cerca de 35% das pessoas adultas sofrem desta doença e algumas delas estão diagnosticadas, mas a grande maioria não são diagnosticadas porque, conforme explicou, a hipertensão é uma doença silenciosa e assintomática.

Entre os principais factores primários apontados por este especialista são os hábitos de estilo de vida, sedentarismo, má alimentação, estresse, ingestão do sal, uso abusivo de álcool e drogas, obesidade.

A nível secundário indicou a tireoide e doenças renais como outras condições que levam a população a ter esta doença.

Neste quesito avançou ainda, que a maioria das pessoas fica a saber desta patologia devido a outras doenças ou consultas de rotina.

No que se refere aos sintomas desta doença, Fernando Tavares apontou um conjunto de sintomas, como dores de cabeça, sensação do peso no pescoço, cansaço, tonturas, zumbidos, aumento dos batimentos cardíacos, dor no peito e falta de ar.

Segundo o médico, no país, a maioria das pessoas que sofrem com esta doença são as pessoas adultas com idade a partir dos 45 anos, mas adiantou que, actualmente, devido à nova dinâmica e conjuntura da vida, verifica-se muitas pessoas na idade jovem com hipertensão arterial.

No entanto, o especialista avançou também que em Cabo Verde esta doença tem tendência para aumentar ainda mais, devido à idade média e esperança de vida.

Para prevenir esta doença, o médico especialista alerta para a importância da adopção de um estilo de vida saudável e tratamento, fazendo exercícios físicos, ter uma alimentação saudável, evitar uso abusivo de sal e o consumo de álcool e drogas.

Por outro lado, aproveitou a ocasião para chamar atenção das autoridades nacionais, sobretudo das estruturas de saúde, a fazerem mais actividades para massificação das informações desta doença nas comunidades mais distantes principalmente zonas rurais que não tem muito acesso às informações.

Hipertensão arterial ou pressão alta é uma doença que ataca os vasos sanguíneos, o coração, o cérebro, os olhos e pode causar algumas vezes a paralisação dos rins, além de outras complicações, como o acidente vascular cerebral (AVC).


Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Pode gostar também

Deixe um comentário

Follow Us