Proteína animal ou vegetal? Qual a melhor?

A proteína tem um papel fundamental na nossa alimentação, na medida em que intervém na construção e manutenção da massa muscular do nosso corpo. É possível ter uma alimentação saudável com a proteína animal e vegetal?Depois ainda temos quem o faça nos dois momentos. Qual deles és tu?

O que é a proteína?

Proteínas são macromoléculas biológicas constituídas por uma ou mais cadeias de aminoácidos.
Os aminoácidos que o organismo não é capaz de sintetizar por si próprio, são denominados aminoácidos essenciais e devem ser obtidos pelo consumo de alimentos que contenham proteínas.

As proteínas estão presentes em todos os seres vivos e participam em diversos processos celulares, desempenhando um vasto conjunto de funções no organismo.

As proteínas desempenham um papel muito importante no nosso organismo, pois fornecem material tanto para a construção como para a manutenção de ossos e músculos. As proteínas fazem também parte da formação de enzimas, anticorpos e hormonas.
As proteínas podem ser de origem vegetal ou animal.

Qual a diferença entre proteína de origem vegetal e animal?


As proteínas podem ser encontradas numa ampla variedade de alimentos.

Proteína de origem animal:
A proteína de origem animal é considerada de alto valor biológico, o que significa que é absorvida e utilizada pelo organismo de uma forma fácil e eficiente para a construção do tecido muscular.
As proteínas de origem animal (proteínas da carne, leite, ovos) são proteínas de alto valor biológico (AVB). Ou seja, são proteínas completas que apresentam os aminoácidos em teores necessários à manutenção da vida e crescimento dos novos tecidos. Possuem todos os aminoácidos essenciais em quantidades suficientes.


Proteína de origem vegetal:
As proteínas de origem vegetal (cereais, soja, raízes ou tubérculos, frutas e hortaliças) são geralmente de baixo valor biológico ou parcialmente completas. As proteínas de baixo valor biológico (BVB) são aquelas que não têm os aminoácidos em teores adequados (exemplo: frutas e hortaliças). As proteínas parcialmente completas apresentam um ou mais aminoácidos limitantes. Por exemplo, os cereais (deficientes em lisina, triptofano e treonina) e leguminosas (deficiente em metionina).

Ou seja, desta forma podemos concluir que os dois tipos de proteínas são saudáveis, o que difere uma da outra é a sua composição. A proteína animal, por exemplo, possui colesterol; enquanto a vegetal, não. No entanto, com uma dieta equilibrada, é possível ter uma alimentação saudável tanto com a proteína animal, quanto com a vegetal.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook

Deixe um comentário