Seja um bom vendedor

O objetivo de todas as empresas é gerar lucros através de vendas de produtos ou serviços. Torne-se um bom vendedor. Esse pode ser o segredo para o sucesso de um negócio.

Acha que vender não é para si? Aqui ficam algumas dicas para se tornar um bom vendedor.

 

Planeie

 

Organize bem o sector das vendas. Trace um “mapa de oportunidades”. Mantenha os contactos de potenciais clientes sempre atualizados. Marque e confirme reuniões.

 

Conheça bem o que está a vender

 

Dominar ao máximo o produto é a melhor forma de transmitir confiança e fiabilidade. Domine todos os aspectos, incluindo os mais técnicos, para conseguir responder a todas as perguntas.

 

Acredite e confie no produto

 

Mostre que confia no produto e o cliente vai perceber. O objectivo é que ele se sinta seguro com o que vai comprar. Mais entusiasmo leva a maior conquista do público-alvo.

 

Não pressione o cliente

 

Controle a ansiedade e não pressione. O segredo é deixar o cliente confortável, tirar todas as dúvidas sem o cercar. Seja paciente, educado e ouça o que ele tem para dizer. Evite ser demasiado informal: um mau atendimento pode levar ao fracasso.

 

Seja um consultor

 

Um vendedor deve ser também um consultor: ouça as necessidades do cliente e sugira soluções. Não tenha medo de fazer perguntas: quanto mais informações tiver, melhor saberá o que vender. Não insista em vender o mais caro se não for a melhor solução.

 

Venda sem vender

 

Fale dos benefícios que o cliente vai ter ao comprar o produto, e não apenas do produto em si. Enumere as características mas deixe claro o que o cliente ganhará se comprar. Durante a venda promova palestras ou encontros para criar aproximação.

 

Aposte no serviço pós-venda

 

Crie uma base de dados com toda a informação dos clientes, mande mensagens nos aniversários, informe sobre novos produtos e promoções. Depois da venda, faça o follow-up sobre o grau de satisfação.

 

Estude o mercado e mantenha-se actualizado

 

Mantenha-se informado, a par das novidades e dos novos perfis de clientes. Estude os movimentos da concorrência, descubra o que têm de novo e diferente.

 

Confie em si

 

Não desista nem desanime com um “não”. Acredite em si mas atenção ao excesso de confiança. Trabalhe a argumentação; evite erros ao escrever e falar para não passar por incompetente.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook

Pode gostar também

Deixe um comentário