Stephany Amado eleita primeira Miss Cabo Verde International

A modelo internacional, que também levou para casa a faixa de Top Model, irá representar Cabo Verde no concurso Miss Internacional que acontece em dezembro no Japão. Num total de vinte candidatas estavam a disputar a coroa.

A candidata natural da Praia, que no concurso estava a representar o Mindelo, Stephany Amado foi eleita neste sábado, 03, a primeira Miss Cabo Verde International. A modelo internacional também levou para casa a faixa de Top Model.

Em entrevista ao Balai, Stephany diz que “é uma honra e uma grande responsabilidade” levar o nome de Cabo Verde para fora. “É uma satisfação enorme. Acredito que desde sempre carrego uma coroa. Os meus pais incentivaram-me a ser humilde, resiliente, educando de forma correta para tratar os outros com respeito”, diz e apela aos jovens a não desistirem dos seus sonhos.

A modelo irá receber um salário mensal de 50 contos durante 1 ano e em dezembro irá representar Cabo Verde no Miss Internacional que terá lugar no Japão. “O concurso existe há mais de 60 anos e é a primeira vez que Cabo Verde vai participar, espero pelo menos chegar no top 20 ou 10”.

Tayrine da Veiga (Tarrafal) ficou em segundo lugar e foi eleita a mais Simpática da noite. Já  prémio ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) e a faixa de terceiro lugar foi para a representante do Porto Inglês, Jassica Centeio.  Indira Mendes (Espargos) foi a mais fotogénica da noite.

O concurso Miss Cabo Verde Internacional começou depois das 20 horas, com mais de uma hora de atraso, com um desfile de looks pelo Red Carpet que estava decorado a rigor e a cargo de Miguel Duarte e Ruth Borges, ambos apresentadores da Televisão Africana, TVA, que fez a transmissão da gala.

Por volta das 21h30, os apresentadores da gala, Kathy Moeda e Edmilson Lopes, subiram a palco para anunciar o arranque do evento mais esperado da noite, com a atuação da jovem cantora Ruth Borges.

De seguida, ao som da música “Dança ma mim Criola” de Tito Paris, as vinte candidatas fizeram a apresentação e anunciaram o concelho que lhes foi atribuído para representar. Akysanna da Veiga (Calheta São Miguel), Catheleen Veiga (Assomada), Eveline Cardoso (Cidade Velha), Indira Mendes (Espargos), Jassica Centeio (Porto Inglês), Kativânia Ramos (Ribeira Grande de Santo Antão), Leandra Andrade (Ponta do Sol), Leonela Oliveira (Pombas), Lidiane Monteiro (Nova Sintra), Ludmila Monteiro (Sal Rei), Milena Miranda (Mosteiros), Nickita Bulú (Cova Figueira), Paula Mendes (Santa Maria), Stefany Santos (Pedra Badejo), Stephany Amado (Mindelo), Tayrine da Veiga (Tarrafal), Vera dos Reis (Praia), Yara Ramos (Ribeira Brava), Denise Mendes (Porto Novo) e Anicia Almeida (São Filipe).

Após a apresentação dos membros dos jurados, subiram ao palco os Raiz di Polon acompanhados de elementos do grupo Mon na Roda e de uma dupla de freestyle. As candidatas desfilaram com trajes de carnaval desenhados por elas próprias, seguido de trajes nacionais feitos pela estilista cabo-verdiana Zany Moreno, bem como trajes de praia da marca House of Onix, da estilista cabo-verdiana Ghislene Alves.

Seguiu-se a atuação da cantora Neyna, que interpretou os temas “Tempo para”, “Nha Moss” e “Akanadja”.

Por volta das 00h00, hora que estava previsto o encerramento do evento, as candidatas desfilaram em traje de gala do renomado designer ganês Nicholas Asamoah.
De seguida, aconteceu a apresentação do Top 10 composto por Stefany Santos, Stephany Amado, Indira Mendes, Leonela Oliveira, Akysanna da Veiga, Catheleen Veiga, Anicia Almeida, Vera dos Reis, Jassica Centeio e Tayrine da Veiga.

Após cada concorrente responder uma pergunta, o júri reduziu para cinco as finalistas; Jassica Centeio (Porto Inglês), Tayrine da Veiga (Tarrafal), Stephany Amado (Mindelo), Akysanna da Veiga (Calheta São Miguel) e Leonela Oliveira (Pombas).

As 5 finalistas foram avaliadas com mais perguntas e de seguida foi anunciado o Top 3, formado pelas representantes do Mindelo, Tarrafal e Porto Inglês.

A comissão do júri teve dificuldades em escolher a vencedora do concurso, levaram cerca de 20 minutos, tendo Stephany sido coroada Miss Cabo Verde International, num evento que aconteceu numa tenda com lotação esgotada ao lado do Memorial Amílcar Cabral. O Miss Cabo Verde International, que estava previsto para encerrar às 00h00, terminou por volta das 03h00 da madrugada.

ARTIGO ATUALIZADO COM NOME DA CONCORRENTE QUE FICOU EM TERCEIRO LUGAR. 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Deixe um comentário

Follow Us