Director-geral da OMS deve visitar Cabo Verde no próximo ano

O director-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, deverá realizar uma visita a Cabo Verde no próximo ano, anunciou hoje o ministro da Saúde e Segurança Social, Arlindo do Rosário. 

A revelação foi feita pelo governante, que falava à Radio de Cabo Verde (RCV), onde explicou que o convite foi feito à margem da sessão especial da Assembleia Mundial da Saúde da OMS que decorreu de 29 de Novembro a 01 de Dezembro em Genebra, Suíça.

A ideia, segundo o ministro, é que os Estados membros tenham a possibilidade de assumir um compromisso visando fazer parte não só da pandemia actual SARS-CoV-2, mas para eventuais outras pandemias que poderão surgir futuramente tendo em conta que há necessidade de melhorar a governação de todo esse processo das pandemias.

Por outro lado, adiantou que é preciso trabalhar para que os Estados com menos capacidade do ponto de vista económico possam aceder as melhores condições para fazer face as situações extraordinárias.

“As pandemias só podem ser vencidas e combatidas com equitação de capacidade de todos os países, enquanto houver situações como as que assistimos actualmente em que uma parte importante da população mundial ainda não teve acesso à vacinação, e haja cada vez mais variantes a surgir porque há falta de vacinação essa pandemia fica mais difícil para controlar”, constatou.

Segundo ministro, ficou decidido a criação de uma equipa intergovernamental que irá trabalhar num tratado mundial para fazer face à pandemia.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest