INE: Cerca de 12% de cabo-verdianos entre 15 e 17 anos estão fora do sistema de ensino

Cerca de 12% dos jovens em Cabo Verde com idade entre 15 e 17 anos estão fora do sistema de ensino, de acordo com dados publicados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

A exclusão afeta mais os rapazes (17%) do que as raparigas (6,8%), de acordo com o inquérito sobre as condições de vida dos agregados familiares, relativo a 2023, publicado na quarta-feira e consultado hoje pela Lusa.

Tendo em conta as projeções demográficas do país, Cabo Verde tinha 27.700 jovens entre 15 e 17 anos, no último ano, pelo que os 12% equivalem a cerca de 3.300.

No município de Mosteiros, na ilha do Fogo, mais de um terço daquela faixa etária está fora do sistema de ensino (35,7%), sendo o município com a taxa mais alta do país.

Segue-se o município da ilha Brava (35%) e Tarrafal da ilha de São Nicolau (30%).

Os três ficam situados em ilhas mais expostas a isolamento e fora das mais povoadas e ativas economicamente.

Noutras faixas etárias inquiridas, a percentagem de crianças fora do sistema de ensino é muito mais baixa ou quase irrelevante (0,7% nas crianças entre quatro e 14 anos e 4,5% na faixa etária dos 4-5 anos).

É a primeira vez que o inquérito sobre as condições de vida dos agregados familiares cabo-verdianos inclui este quadro, separado por faixas etárias, no capítulo da educação, e surge relacionado com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Os ODS fazem parte da agenda 2030 proposta pelas Nações Unidas e o quadro pretende analisar o alinhamento com o objetivo 4: “assegurar a educação inclusiva e equitativa e de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todas e todos”.

Outro dos novos quadros apresentado este ano pelo INE, relacionados com o mesmo ODS, diz respeito à percentagem da população (a partir dos 10 anos) que concluiu o 6.º, 8.º e 12.º ano de escolaridade.

Mais de 90% tem pelo menos o 6.º ano de escolaridade, 76,3% concluiu o 8.º ano (escolaridade obrigatória em Cabo Verde) e 41,2% terminou o 12.º ano.

A recolha de dados decorreu no final do quarto trimestre de 2023, nos 22 concelhos das nove ilhas habitadas, durante o Inquérito Multiobjetivo Contínuo (IMC), realizado junto de uma amostra de 9.918 agregados familiares.

No ano de 2023, a população residente em Cabo Verde foi estimada em 509.078 indivíduos (de acordo com a projeção demográfica 2010-2040), distribuídos por 155.534 agregados familiares, mais 4.891 que em 2022.

Lusa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest