JpD faz “balanço positivo” da Universidade de Verão com impacto na formação política dos jovens

O presidente da Juventude para a Democracia (JpD), Euclides Silva, fez um “balanço positivo” da quinta edição da Universidade de Verão do MpD, que classificou de importante na formação política dos jovens.

Em declarações à Inforpress, Euclides Silva disse que esta edição superou as anteriores, embora o contexto tenha sido “mais difícil” devido à pandemia, pois houve a necessidade de reduzir o tempo das aulas e o número de alunos.

“Mas o balanço é positivo, foi muito bem conseguido, com debates muito interessantes”, assinalou.

Conforme reiterou, a aulas são mais-valias, pois contribuem na formação cívica e política dos jovens, exortando, por isso, a continuidade dos mesmos nessas actividades, nos diferentes meios que frequentam.

“Podemos verificar que 90 por cento (%) dos jovens que participaram não tinham nenhum contacto com a política por perto, mas, mostraram muito interesse e foram  interventivos com os oradores”, afiançou.

Segundo disse, a perspectiva é que para as próximas edições a pandemia esteja “mais controlada”, permitindo, assim, “maior número” de participantes.

A Juventude para a Democracia (JpD) promoveu de 23 a 25 de Setembro, na Cidade Velha, a V edição da Universidade de Verão, tendo como temas democracia e liberdades, desafios da educação e gestão da covid-19 e retoma económica.

O programa contou com a participação dos jovens de todos os concelhos do País,  com idade compreendida entre os 18 e os 30 anos e, ainda, de uma delegação de três jovens da Guiné-Bissau.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest