Ministro da Família reconhece que pessoas com deficiências enfrentam ainda muitos desafios no sistema educativo

O ministro da Família, Inclusão e Desenvolvimento Social destacou esta quinta-feira, 12, o “excelente trabalho” que o Governo tem feito na promoção da inclusão no sistema educativo, mas reconheceu que há ainda muitos desafios por ultrapassar.

Fernando Elísio Freire fez estas considerações em entrevista à Inforpress, à margem da conversa aberta sob o tema “Programas sociais implementados pelo Governo direccionados para Jovens e Família”, que contou com a participação de alunos, pais, encarregados de educação e professores representantes do ICIEG, ICCA e DGFIS e foi promovida pela direcção do Liceu Domingos Ramos.

O governante destacou a importância do evento, tendo em conta os ensinamentos dos valores morais aos adolescentes e de uma sociedade livre e democrática que tem a dignidade humana no centro.

“Quisemos mostrar aos nossos adolescentes que todo o ser humano tem direito a ter saúde, habitação, eletricidade, água e as políticas que estamos a desenvolver para isso num ambiente claro, da liberdade porque a liberdade é a mãe de tudo”, declarou.

Defendeu a necessidade de criação de condições para que todos, de acordo com as regras da convivência social, as acções e respeito e as leis da república possam crescer e desenvolver com a garantia de que todas as pessoas estão incluídas no processo.

O ministro da Família e Inclusão Social salientou ainda o papel da família no processo do desenvolvimento do indivíduo, afiançando que o Governo está comprometido, , através das políticas e programas sociais, em melhorar as condições das famílias cabo-verdianas, reduzir as desigualdades sociais e eliminar a pobreza extrema no arquipélago.

Reconheceu, entretanto, que não obstante os ganhos registados nos últimos anos, persistem ainda vários desafios que o Executivo pretende resolver no âmbito do programa de governação.

“Há ainda muitos desafios para as pessoas com deficiência no sistema educativo, com as crianças com necessidades educativas especiais, mas é um trabalho que estamos a fazer, o Ministério da Educação tem feito um excelente trabalho, mas é preciso continuar a fazer este trabalho e creio que no futuro estes problemas serão menores, mas como sabem são grandes desafios que vamos paulatinamente resolver”, sublinhou.

Por seu turno, o director do Liceu Domingos Ramos, José Augusto Fernandes, destacou as acções que o Ministério da Família tem desenvolvido no combate à pobreza e à exclusão social, proteção e apoio à família, criança, adolescência, aos idosos e às pessoas com deficiência e a importância de partilhar com a comunidade educativa os programas sociais.

“Tendo em conta que o mês de Maio comemora-se o mês da Família, achamos por bem convidar o Governo para vir apresentar as suas políticas da família e saber como é que podemos contar com essa políticas do sector porque sabemos que a escola é o complemento da família”, asseverou.

Conforme avançou, o Liceu Domingos Ramos tem um gabinete de apoio e promoção da inclusão e igualdade que trabalha directamente com os alunos com necessidades educativas especiais, que conta com a colaboração de uma psicóloga e assistente social e professores afectos ao gabinete com vista a atingir os objectivos traçados.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest