OE´2023: Hospital Central de Cabo Verde na Praia está orçado em 50 milhões de euros, diz Olavo Correia

O “novo Hospital de Cabo Verde” a ser edificado na Cidade da Praia, “num projeto de grande valência para o país”, está orçado em mais de 50 milhões de euros e o arranque das obras previsto para 2023.

O vice-primeiro ministro deu esta garantia à imprensa na sequência apresentação do Orçamento do Estado para o ano económico de 2023, pelo primeiro-ministro, tendo afirmado que o Governo já vem trabalhando neste projeto há já algum tempo, envolvendo as áreas das finanças, da segurança social e da saúde e que o projeto estará em processo de montagem financeira.

“O Hospital Central de Cabo Verde será, de acordo com estudos, localizado na Cidade da Praia. Estamos a montar o projeto que contará com uma parceria público/privada para o efeito. É um projeto que contempla várias vertentes. A infraestrutura em si, o hospital, as valências e o financiamento do hospital”, referiu Olavo Correia.

Mencionou que Cabo Verde precisa de um hospital de referência na capital, para que o país possa ter um serviço de qualidade ao nível da saúde para os concidadãos, mas também para poder exportar os serviços de saúde a partir deste arquipélago, salientando que este serviço envolverá a criação de um “Hub de Saúde” que envolve, ainda toda a cadeia de produção de produtos farmacêuticos, inclusive de vacinas.

Olavo Correia anunciou ainda políticas para a formação de recursos humanos, necessários para o efeito e a criação de condições para colocar todos os médicos cabo-verdianos da diáspora nesta rede de serviços a partir de Cabo Verde, mediante a utilização do digital e das novas tecnologias de comunicação e das soluções mais modernas no portal inteligente.

O Governo, prometeu, vai trabalhar os instrumentos que permitam o acesso de todos à saúde, com a criação do seguro da saúde, a criação e promoção do seguro de vida, de forma a torná-los acessível a todos, por forma a que o acesso à saúde seja garantido, numa gestão sustentável a prazo, tendo em conta que a saúde é o sector que mais cresce no OE’2023 com mais 25% do orçamento de 2022, simbolizando mais de dois milhões de contos.

Considerando que a saúde e a segurança sanitária constituem uma das principais prioridades do OE 2023, o chefe do Governo anunciou que novos centros de saúde serão construídos em Monte Sossego em Vicente, na Ribeira Grande de Santiago, na Achada Monte em São Miguel, na Ribeira das Patas no Porto Novo, em São Salvador do Mundo e na Brava.

O Centro de Saúde da Boa Vista será ampliado e será construído o Posto Sanitário de Palmeira no Sal, bem como a aquisição de seis ambulâncias para os serviços de emergência médica.

O OE 2023, segundo o primeiro-ministro, prevê ainda a construção da Maternidade e Pediatria do Hospital Baptista de Sousa HBS, a construção de uma unidade de cuidados intensivos desta unidade hospitalar, a instalação de um Centro de Simulação Médica e de um Centro Técnico de Manutenção de Equipamentos Médicos na Praia.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest