PM participa na 4ª Conferência Internacional sobre Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento

O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, participa na 4.ª Conferência Internacional sobre Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento (SIDS 4), que terá lugar na Universidade Americana de Antígua, em Antígua, e Barbuda de 27 a 30 de Maio.

O encontro, que reúne dos líderes SIDS, tem por objectivo a avaliação da capacidade dos pequenos estados insulares de alcançar o desenvolvimento sustentável, incluindo a Agenda 2030 e os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), e de adoptar o novo Plano de Acção para o desenvolvimento dos SIDS para a próxima década.

De acordo com um comunicado do Governo, Ulisses Correia e Silva fará a sua intervenção no primeiro dia do evento, segunda-feira, durante a qual irá defender uma abordagem diferenciada para os SIDS, tendo em conta a grande vulnerabilidade de Cabo Verde aos choques externos económicos e ambientais, bem como a sua forte dependência do turismo, um sector fortemente afectado pela crise da covid-19.

A conferência, organizada por Antígua e Barbuda, duas ilhas das Caraíbas, contou com três reuniões preparatórias regionais e uma inter-regional, sendo a última realizada na cidade da Praia, de 30 de Agosto a 01 de Setembro de 2023.

A conferência de quatro dias, segundo a mesma fonte, irá focar na apresentação das iniciativas específicas e resultados concretos para enfrentar desafios críticos destes Estados insulares, incluindo a crise climática, a perda de biodiversidade e o aumento da dívida.

Além das oito reuniões plenárias, previstas no programa, a conferência incluirá cinco diálogos interativos sobre temas como a revitalização das economias dos SIDS para um crescimento acelerado e sustentável, o financiamento climático, a utilização de dados e tecnologias digitais para construir instituições eficazes, e o investimento no capital humano.

Ainda no dia 27, o chefe do Governo cabo-verdiano participará num evento promovido pelo Banco Mundial tendo como tema “Como utilizar as trocas de dívida por clima como ferramenta de financiamento e eficiência na ajuda através de parcerias colaborativas”, durante a qual deverá destacar o acordo de Cabo Verde com Portugal para a transformação da dívida em financiamento climático e ambiental.

No dia 28, Ulisses Correia e Silva estará presente numa reunião de alto nível sobre a Mobilização de Recursos para os SIDS, a ser realizada pelo secretário-geral das Nações Unidas com instituições financeiras internacionais, bancos de desenvolvimento e grandes doadores

A comitiva cabo-verdiana, liderada pelo primeiro-ministro, integra ainda o ministro dos Negócios Estrangeiros, Cooperação e Integração Regional, Rui Figueiredo Soares, o secretário de Estado da Economia Digital, Pedro Lopes, e o secretário de Estado das Finanças, Alcindo Mota, e destacados membros da sociedade civil.

De acordo com o executivo, esta participação reforçará a posição de Cabo Verde como um líder proactivo na discussão e implementação de políticas eficazes para os Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento.

Os Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento (PEID) ou Small Island Developing States (SIDS) é integrado por 58 países e territórios insulares com vulnerabilidades estruturais comuns.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest