Portugal: Presidente do ISSO distinguido com louvor e reconhecimento pelo trabalho feito em Cabo Verde

O presidente do Instituto de Segurança e Saúde Ocupacional (ISSO), João de Carvalho, foi esta sexta-feira, 28, distinguido, em Leiria, com louvor e reconhecimento pelo trabalho feito em Cabo Verde, na X edição dos Vertentes e Desafios de Segurança (VDS).

À Inforpress, em Lisboa, João de Carvalho contou que a distinção que recebeu das mãos do presidente da Câmara Municipal de Leiria, Gonçalo Lopes, foi feita pela Associação Vertentes e Desafios de Segurança (ASVDS) de Portugal, que organiza o evento que decorre de 26 a 29 de Outubro naquela cidade portuguesa.

“O louvor e reconhecimento é pelo trabalho feito em Cabo Verde e também pelo contributo na unificação dos especialistas e técnicos no ramo da Segurança e Saúde Ocupacional da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), explicou João de Carvalho, que foi convidado de honra no ato da abertura oficial do evento, através da conferência hoje realizada.

No âmbito do encontro, o presidente do ISSO assinou um protocolo de parceria com a Associação Nacional dos Engenheiros de Segurança do Trabalho, do Brasil, com a Associação Vertentes e Desafios de Segurança, de Portugal, e com a Associação Brasileira da Higiene Ocupacional.

“O protocolo visa intensificar a parceria existente entre essas associações que aqui representam três continentes, que querem partilhar conhecimentos, boas práticas e documentos científicos e técnicos na área da segurança e saúde ocupacional, promovendo também a mobilidade e participação nos eventos realizados pelos parceiros”, frisou.

A X edição dos VDS conta com a participação de 480 técnicos, especialistas na matéria da segurança e saúde ocupacional, professores universitários e estudantes na matéria, representando três continentes (África, Europa e América) e seis países (Portugal, Cabo Verde, Brasil, Espanha, São Tomé e Príncipe e Antorra).

Depois de dois anos de interregno, provocado pelas limitações pandémicas da covid-19, “a VDS retoma a dinâmica da dinamização do sector da segurança e saúde no trabalho, através do desenvolvimento de diversas ações formativas de índole científico, técnico e comportamental”.

Segundo o cabo-verdiano, os saberes transmitidos no encontro permitirão, para além de proporcionar aquisição e atualização de conhecimentos na matéria, uma partilha e troca de conhecimentos das boas práticas usadas nos países participantes no evento.

O ‘networking’ entre os participantes, para João de Carvalho, irá permitir “o elevar dos conhecimentos e posterior partilha com a sociedade laboral cabo-verdiana”.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest