Praia: PAICV quer “coesão interna e uma linguagem” na caminhada para eleições autárquicas de 2024

O primeiro-secretário do sector Praia Sul do PAICV, Vasco Spínola, defendeu este domingo, 22, que o partido precisa de “mais coesão interna e uma linguagem” na caminhada de preparação para as eleições autárquicas de 2024.

A constatação foi feita em declarações à imprensa momentos antes da abertura de uma conferência realizada na Cidade da Praia sob o lema “Juntos por um sector mais unido e dinâmico”, promovida pela Comissão Política Regional de Santiago Sul do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV).

“A perceção é que o partido precisa reforçar a coesão interna e a participação dos militantes é muito importante para que o PAICV esteja mais pacífico e com uma só linguagem”, apontou.

Por isso, esclareceu que o propósito dessa conferência é preparar o partido e debater ideias para o futuro, de modo a conseguir uma “boa prestação” nas próximas eleições autárquicas.

Questionado sobre os dois anos de mandato do PAICV na Câmara Municipal da Praia, Vasco Spínola considerou que, “apesar do contexto conturbado”, o desempenho é “positivo”, admitindo que é “preciso fazer mais”.

“Ainda temos dois anos de mandato e acreditamos que muitas coisas vão ser feitas em 2023 e 2024”, perpetivou o dirigente do partido “tambarina”.

Por outro lado, considerou que tem sido prática do Movimento para a Democracia (MpD, oposição camarária) em “massacrar a câmara do PAICV com a não transferência de fundos e com os contratos-programa”.
“Portanto, temos um governo bloqueador e isto tem dificultado a câmara na sua dinâmica e também não temos a maioria, o que também tem dificultado o nosso trabalho”, frisou o primeiro-secretário do sector Praia Sul do PAICV.

Da ordem dos trabalhos desta conferência constam palestras sobre o “Balanço da Governação Municipal no Período compreendido entre 2020 a 2022 e desafios para os próximos dois anos”, “A visão da Esquerda Moderna, Progressista e Democrática” e “A abordagem sobre o processo autárquico”.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest