Praia: Vereadores do MpD na câmara municipal pedem ao PR para aconselhar Francisco Carvalho

Os vereadores eleitos pelo Movimento para a Democracia (MpD) na Câmara Municipal da Praia sugeriram hoje que o Presidente da República aconselhe o edil praiense, Francisco Carvalho, a mudar de postura.

Esta posição foi manifestada à imprensa pela porta-voz do grupo, Itel Rodrigues, à saída de uma audiência dos vereadores do MpD (oposição camarária) e do vereador eleito pelo Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV, partido que gere a câmara), Samilo Moreira, com o Presidente da República, José Maria Neves.

“A conversa com o Presidente da República foi basicamente aquilo que nós temos estado a falar na comunicação social e em todos os meios sobre as ilegalidades da Câmara Municipal”, disse.

Desta conversa, disse Itel Rodrigues, o MpD espera que o Presidente possa aconselhar o presidente da Câmara Municipal da Praia a mudar de postura, a cumprir aquilo que a lei determina.

“(…) a cumprir os estatutos para que as reuniões da câmara municipal possam decorrer de forma tranquila. As ilegalidades já foram pronunciadas a todos os níveis e até nos tribunais existem três processos, que aguardamos as decisões”, completou.

Tendo em conta que há três processos nos tribunais, Itel Rodrigues afirmou que o seu partido entende que deve aguardar que as instâncias próprias resolvam.

“A nossa pretensão é que se decidam os processos pendentes por forma a clarificar aquilo eventualmente esteja a causar algum mal-estar e conflito nas reuniões da câmara”, frisou.

Instada a comentar as recentes declarações do coordenador do MpD na Praia, Alberto Mello, antevendo eleições antecipadas, a autarca respondeu: “Nós os eleitos do MpD na Câmara Municipal da Praia o que queremos agora é aguardar o pronunciamento das autoridades competentes”.

“A partir daí saberemos posições futuras a serem tomadas”, finalizou.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest