Presidenciais’2021: Carlos Veiga recebe apoio do Chefe do Governo e presidente do MpD no porta-a-porta

O candidato às eleições presidenciais de 17 de Outubro Carlos Veiga voltou a contar, hoje, com o apoio, no terreno, do presidente do MpD e primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, que incitou ao voto nesta candidatura.

Em contactos directos com a população do Bairro Craveiro Lopes e da Achadinha, a candidatura presidencial de Carlos Veiga mobilizou uma vasta moldura humana composta na sua maioria por jovens, mas também adeptos e simpatizantes das mais diversas faixas etárias que, apesar do sol abrasador que se fazia sentir, mostrou-se entusiasta com a presença do candidato.

Estradas, asfalto, calcetas, cutelos, becos e caminhos dos mais recônditos destas localidades foram todos percorridos praticamente de lés-a-lés pela dupla Veiga/Correia e Silva e dos seus apoiantes, ao som de músicas com o sentido único de cumprimentar a todos os transeuntes em grupos, individuais ou mesmo nas suas residências, com apelo ao voto nas urnas.

Carlos Veiga disse que a sua equipa “voltou a estas localidades para transmitir a mensagem de união e exortar as pessoas”, no sentido de apoiar a sua candidatura, alegando que pretende ser eleito para trabalhar com o órgão sufragado democraticamente para a governação de Cabo Verde para, em conjunto, melhorar as condições de vida de todos os cabo-verdianos e do País.

Considera que a sua equipa “foi muito bem recebida” pela população, ao mesmo tempo que exortou a todos os apoiantes a lançarem uma forte campanha de mobilização junto dos parentes, amigos e conhecidos, com o argumento de que, em eleições presidênciais, “por um voto se ganha, por um voto se perde”.

Concretamente aos jovens, vincou a mensagem em como esta classe poderá perfeitamente ser encorajada a expressar o seu direito de voto se for explicada que “um Presidente poder ser um grande apoio da juventude a partir da orientação que a Constituição transmite”, afirmando que legitimado pela Constituição o Presidente pode exercer a sua influência a favor da juventude cabo-verdiana.

Já o presidente do Movimento para Democracia (MpD) e primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, enalteceu a presença de “muita juventude à volta desta mobilização” nesta eleição “tão importante” e considera necessário apostar em Carlos Veiga por ser “um homem experiente, engajado, comprometido com o País e um homem sério e humilde, próximo do povo, capaz de corrigir quando necessário, mas com um espírito de colaboração”.

Nas presidenciais do dia 17 de Outubro, nos dois círculos eleitorais, nacional e estrangeiro, concorrem sete candidatos, nomeadamente Fernando Delgado, Gilson Alves, José Maria Neves, Carlos Veiga, Hélio Sanches, Casimiro de Pina e Joaquim Monteiro.

As últimas eleições presidenciais em Cabo Verde ocorreram no dia 02 de Outubro de 2016, com três candidatos (Albertino Graça, Jorge Carlos Fonseca e Joaquim Monteiro). Venceu Jorge Carlos Fonseca na primeira volta para um segundo mandato, com 74% dos votos.  

Inforpres

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest