Presidências’2021: Em São Domingos a votação iniciou-se “sem sobressaltos”, mas a afluência às urnas é ainda “muito fraca”

A votação para a escolha do próximo Presidente da República, no município de São Domingos, iniciou-se, hoje, segundo fontes da Inforpress, sem “sobressaltos”, mas a afluência às urnas até às 13:00 era ainda “muito fraca”.

Na ronda que a Inforpress fez pelas diversas assembleias de voto pôde verificar que mais de metade dos inscritos em cadernos eleitorais ainda não tinham votado.

“A adesão às urnas ainda está muito fraca, mas contamos que as pessoas venham votar no período da tarde”, disse Miriam Semedo, presidente de uma das mesas de voto de São Domingos, em declaração à Inforpress.

Ao todo, vão funcionar 1.294 assembleias de voto, sendo 1.053 no território nacional e 241 no estrangeiro.

Estima-se, de acordo com a presidente da CNE, um total 7.776 membros nas assembleias de voto, a nível nacional e internacional.

Em termos de eleitores registados, o número é de 342.778 no território nacional e 56.087 no estrangeiro.

Estas eleições presidenciais estão a ser acompanhadas por 104 observadores internacionais, conforme a presidente da CNE.

Nos dois círculos eleitorais, nacional e estrangeiro, concorrem sete candidatos: Fernando Delgado, Gilson Alves, José Maria Neves, Carlos Veiga, Hélio Sanches, Casimiro de Pina e Joaquim Monteiro.

A votação ocorre das 07:00 às 18:00.

Uma eventual segunda volta está agendada para o dia 31 de Outubro.

As últimas eleições presidenciais em Cabo Verde ocorreram no dia 02 de Outubro de 2016, com três candidatos (Albertino Graça, Jorge Carlos Fonseca e Joaquim Monteiro). Venceu Jorge Carlos Fonseca na primeira volta para um segundo mandato, com 74% dos votos.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest