Presidente croata rejeita treinamento de soldados ucranianos na Croácia

O presidente croata, Zoran Milanovic, rejeitou na terça-feira uma carta de seu ministro da Defesa, Mario Banozic, pedindo que ele aprovasse o treinamento das forças ucranianas na Croácia.

Em comunicado, citado pela Xinhua, o gabinete do Presidente disse que o ministro da Defesa não tinha o direito de solicitar tal autorização, porque de acordo com a Constituição croata, apenas o Presidente, o Governo e o Parlamento da Croácia podem tomar tal decisão.

Além disso, o ministro da Defesa não especificou as atividades dos soldados croatas no exterior ou dos soldados ucranianos na Croácia, mas apenas deu informações gerais sobre a Missão de Assistência Militar da União Europeia (UE) para apoiar a Ucrânia (EUMAM Ucrânia), acrescentou o comunicado.

A EUMAM Ucrânia, criada em 17 de Outubro, visa fornecer treinamento para soldados ucranianos no território dos estados membros da UE.
De acordo com a mesma fonte, Milanovic enfatizou que não permitiria o treinamento de forças ucranianas na Croácia.

Inforpress/Xinhua

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Deixe um comentário

Follow Us