Presidente da câmara da Praia “expectante” com a implementação da Polícia Municipal em 2023

O presidente da Câmara Municipal da Praia, Francisco Carvalho, afirmou hoje que está “expectante” com a implementação da Polícia Municipal no próximo ano visando dar respostas as demandas da capital cabo-verdiana.

Francisco Carvalho fez esta afirmação quando presidia à cerimónia de abertura da I Jornada da Guarda Municipal que decorre de hoje a 25 de Novembro no âmbito das comemorações do dia da Guarda Municipal da Praia, celebrada em 04 de Dezembro.

O autarca praiense iniciou a sua intervenção com uma critica à oposição municipal, considerando a mesma “muito negativa” que desvaloriza as ideias da câmara municipal atuando de forma “destrutiva para denegrir a imagem e não permitir o avanço dos projetos”.

Afiançou que a autarquia praiense está a trabalhar na criação de um ambiente de total liberdade e democracia na câmara municipal, considerando, neste sentido, que a realização da referida jornada serve de oportunidade para reflexão e debate sobre os desafios da Guarda Municipal.

“Temos enormes desafios pela frente e sabemos que há uma certa devida e legitima desmotivação, porque passaram-se dez anos e não aconteceu nada, tudo continua quase na mesma, mas estamos empenhados em implementar a Polícia Municipal, colocamos no orçamento, mas ainda não conseguimos implementar”, disse.

Francisco Carvalho adiantou que tem havido dialogo entre a Câmara Municipal da Praia e o Ministério da Administração Interna para a concretização desse objetivo.

“Estamos disponíveis e abertos na câmara municipal para a implementação da Polícia Municipal, o dinheiro necessário para implementar a Polícia Municipal está reservado no orçamento, falta neste momento o aval a nível central do Governo, estamos a trabalhar neste sentido e estamos muito confiantes porque o encontro que tivemos com o senhor ministro foi muito produtivo e acreditamos que em 2023 iremos conseguir implementar a Polícia Municipal na cidade da Praia”, declarou.

Disse ainda que a edilidade praiense está a trabalhar no que se refere à comparticipação das coimas, prometendo trabalhar na criação de condições para que os guardas municipais se sintam “satisfeitos” e “motivados” no desempenho das suas funções.

Francisco Carvalho concluiu a sua intervenção afirmando que a sua equipa “leva o seu trabalho muito a sério e que irá cumprir a sua promessa feita nas campanhas eleitorais”.

“Levamos muito a sério o nosso trabalho, a nossa palavra, aquilo que afirmamos durante a campanha eleitoral continua válido durante o período de governação, não temos dois módulos o de campanha e o módulo de governação”, realçou, apelando ao forte engajamento dos guardas municipais na promoção do desenvolvimento do município da Praia.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest