Santiago Norte: Comissão Especializada apela população para tomar a segunda dose da vacina contra a covid-19

Os deputados da quinta Comissão Especializada de Educação, Cultura, Saúde, Juventude e Desportos apelaram hoje à população da região Santiago Norte, sobretudo, dos municípios com baixa taxa vacinal para tomar a segunda dose da vacina contra a covid-19.

O apelo foi feito pelo porta-voz desta comissão da Assembleia Nacional, José Eduardo Moreno, numa declaração à imprensa após uma visita às estruturas de saúde da região de Santiago Norte, para se inteirar do processo da vacinação dos adultos (maiores de 18 anos) e dos adolescentes e jovens (dos 12 aos 17 anos) contra a covid-19.

Os parlamentares que estiveram no Centro de Saúde dos Picos, São Salvador do Mundo, Hospital Regional Santa Rita Vieira, Santa Catarina, e Centro de Saúde do Tarrafal, segundo a mesma fonte, quiseram com esta visita juntar as suas vozes com as das autoridades nacionais e regionais de saúde no sentido de sensibilizar a população dessa região para uma maior adesão à vacinação contra a covid-19.

“Constatamos que a nível da vacinação nesses três municípios a taxa está abaixo dos 70 por cento (%) a nível da população adulta”, adiantou, congratulando-se, no entanto, com o facto de o município de Santa Catarina ter vacinado 73% dos adolescentes e jovens.

Por outro lado, defendeu que os três municípios e a região Santiago Norte estão aquém da média nacional por causa da resistência de algumas pessoas, tendo em conta, que, segundo ele, o Governo criou todas as condições quer a nível de recursos humanos e mobilização de vacinas.

Por isso, pediu mais uma vez à população para fazer a sua parte, lembrando que o desenvolvimento é feito também por pessoas.

Nesse sentido, alertou que quanto maior for a adesão da população a região irá atingir a meta da vacinação definida pelo Governo e que a retoma económica será mais rápida.

Na ocasião, informou que constataram que a baixa taxa de vacinação em alguns municípios da região Santiago Norte, mormente São Salvador do Mundo, se deve ao facto de algumas pessoas que trabalham em outros municípios terem ali sido vacinadas.

“Se a nível nacional podemos dizer que a pandemia está controlada e que a retoma a nível do turismo nas ilhas do Sal e da Boa Vista é uma realidade, a nível da região Santiago Norte precisamos aumentar mais a taxa de vacinação”, observou José Eduardo Moreno.

“Nesse sentido apelamos à população de Santiago Norte para tomarem a segunda dose, cuja taxa também está muito baixa e aos pais e encarregados de educação para autorizarem os filhos a vacinarem”, reforçou o deputado do Movimento para a Democracia (MpD).

Em Santiago Norte, com excepção de São Lourenço dos Órgãos, Santa Cruz e São Miguel, os demais municípios (Santa Catarina, São Salvador do Mundo e Tarrafal) ainda não atingiram a meta dos 70 por cento (%), ou seja, estão aquém da média nacional.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Deixe um comentário

Follow Us