Santo Antão recebeu nos últimos anos 1,5 milhão de contos na construção de reabilitação de estradas – deputado

Dez localidades desencravadas é o resultado do programa de construção e reabilitação de estradas que o Governo tem levado a cabo nos últimos anos, em Santo Antão, num investimento de 1,5 milhão de contos.

Quem o diz é o deputado do Movimento para a Democracia (MpD), poder, Damião Medina, em resposta àquilo que considera “falta de respeito” dos deputados do PAICV (oposição) ao qualificar as estradas de pequenas obras.

Os habitantes das comunidades desencravadas, segundo o parlamentar, estão com a vida muito facilitada em todos os sentidos, graças à construção e à reabilitação de estradas de desencravamento em mais de dez localidades, numa extensão de mais de 40 quilómetros, “investindo cerca de 1,5 milhão e 500 mil contos até ao momento”.

Conforme Damião Medina, “o trabalho continua” antevendo a construção e requalificação de mais estradas em Santo Antão para “levar o desenvolvimento às comunidades, promover o emprego, o turismo, o escoamento de produtos, mas também contribuir para a fixação das pessoas”.

O Governo já anunciou a requalificação, a partir deste ano, das estradas de acesso à Ribeira dos Bodes e Ribeira Fria (Porto Novo) e Caibros (Ribeira Grande), tendo anunciado ainda a realização “para breve” dos estudos com vista à construção da estrada para Dominguinhas (Porto Novo).

Ainda no município do Porto Novo, os munícipes têm estado a pedir a requalificação das estradas Ribeira da Cruz – Chã de Norte e Campo Redondo – Chã de Norte.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest