Tribunal Constitucional autoriza extradição de Alex Saab para os Estados Unidos

O Tribunal Constitucional julgou improcedente o recurso interposto por Alex Saab, que alegava que o Tribunal de Relação de Barlavento e o Supremo Tribunal de Justiça conduziram o processo de sua extradição para os EUA aplicando normas inconstitucionais.

Tal decisão consta de um Acórdão, de 194 páginas, do Tribunal Constitucional, consultado ontem, dia 7, pela Inforpress no site da instituição.

Alex Saab, 49 anos, foi detido em 12 de junho pela Interpol e pelas autoridades cabo-verdianas, durante uma escala técnica no Aeroporto Internacional Amílcar Cabral, na ilha do Sal, com base num mandado de captura internacional emitido pelos Estados Unidos da América (EUA), que o consideram um “testa-de-ferro” do Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro.

A sua detenção colocou Cabo Verde no centro de uma disputa entre o regime de Nicolás Maduro, na Venezuela, que alega as suas funções diplomáticas aquando da detenção, e a Presidência norte-americana.

O julgamento do recurso interposto pela defesa de Alex Saab, considerado testa-de-ferro de Nicolás Maduro, à decisão de extradição para os Estados Unidos da América aconteceu no passado dia 13 de Agosto no Tribunal Constitucional, na Cidade da Praia.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest