Ucrânia: Rússia e Bielorrússia suspensas do Conselho dos Estados do Mar Báltico

A Rússia e a Bielorrússia foram suspensas do Conselho dos Estados do Mar Báltico (CEMB) em resposta à agressão de Moscovo contra a Ucrânia e o envolvimento de Minsk no conflito, segundo a União Europeia.

De acordo com o Serviço de Acção Externa da União Europeia, citado pela agência de notícias espanhola EFE, a Europa “concorda com os outros membros do CEMB sobre a suspensão da Rússia e da Bielorrússia, que permanecerá em vigor até que seja possível retomar a cooperação baseada no respeito pelos princípios fundamentais do direito internacional”.

O CEMB é composto pela União Europeia juntamente com a Dinamarca, Estónia, Finlândia, Alemanha, Islândia, Letónia, Lituânia, Noruega, Polónia e Suécia e funciona como um fórum regional de cooperação entre os países que partilham as águas do Mar Báltico.

A Rússia é um dos cofundadores do Conselho e a Bielorrússia é um Estado observador do CEMB, cuja presidência está atualmente a cargo da Noruega.

A Rússia lançou, na madrugada de 24 de Fevereiro, uma ofensiva militar à Ucrânia e as autoridades de Kiev contabilizaram, até ao momento, mais de 2.000 civis mortos, incluindo crianças. Segundo a ONU, os ataques já provocaram mais de 1,2 milhões de refugiados.

A invasão russa foi condenada pela generalidade da comunidade internacional que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e o reforço de sanções económicas para isolar ainda mais Moscovo.

Inforpress/Lusa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Deixe um comentário

Follow Us