Vice-Presidente do Parlamento Pan-Africano defende políticas de empoderamento económico das famílias africanas chefiadas por mulheres

A vice-presidente do Parlamento Pan-Africano e Deputada, Lúcia Passos, defendeu hoje uma diplomacia parlamentar para que os Estados membros da União Africana implementem políticas que concorram para o empoderamento económico das famílias, especialmente aquelas chefiadas por mulheres.

Lúcia Passos falava à imprensa, à margem de uma conversa aberta entre deputadas, membros do corpo diplomático, comunidade imigradas em Cabo Verde e organizações da sociedade civil, promovida para assinalar o Dia da Mulher Africana.

“Nós sabemos que as mulheres, depois da pandemia e também com a crise provocada pela Guerra na Ucrânia, estão a passar por momentos difíceis”, disse a parlamentar, acrescentando que os ganhos conseguidos em termos da promoção da igualdade de género, neste momento, em alguns países, estão a regredir porque, atestou, está-se com menos acesso a recursos.

Lúcia Passos referenciou, entretanto, que as mulheres, enquanto chefes de família, têm responsabilidades acrescidas e que quando ela não tem emprego o problema da insegurança alimentar fica mais agudizada.

“Por isso, neste momento nós estamos a fazer essa reflexão para ver como é que podemos contribuir para uma maior inclusão financeira da mulher. Hoje, neste momento, está a ser lançado na Namíbia um novo programa, que é a “Década da inclusão financeira” da mulher.

Esta parlamentar defendeu ainda a fiscalização das medidas que permitam a inclusão financeira através do acesso ao financiamento, da formação e de acesso aos recursos que as mulheres precisam para poderem garantir o bem-estar da sua família e contribuir para a sustentabilidade e prosperidade do continente.

“A prosperidade do continente só é possível se todos nós estivermos envolvidos, fazendo a nossa parte, quer em termos da execução de políticas, quer em termos da fiscalização”, prosseguiu Lúcia Passos antes de apelar à sociedade para fazer o bom uso dos recursos que são postos às suas disposições.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Deixe um comentário

Follow Us