Boa Vista: Governo vai trabalhar “com urgência” em busca de financiamento para conclusão do bloco operatório  

O vice-primeiro ministro, Olavo Correia, assumiu ontem, dia 13, compromisso de trabalhar “com urgência” na montagem do financiamento para a conclusão das obras do bloco operatório do Centro de Saúde da Boa Vista.

O também ministro da Finanças, que se encontra de visita à ilha da Boa Vista, deu esta garantia em declarações aos meios da comunicação social, após visitar o as obras do bloco operatório do Centro de Saúde, que se encontram paralisadas.

Trata-se de um dos projetos mais aguardados pela população dado a sua importância na melhoria nos serviços do sector na saúde para a ilha da Boa Vista.

“Há uma urgência na montagem do financiamento para concluir da infraestrutura que é importante para Boa Vista. Estamos todos empenhados e vamos nos próximos dias colocar o máximo de foco para fechar o financiamento para que o bloco operatório possa ser concluído”, garantiu Olavo Correia, que admitiu haver necessidade de se criar e melhorar as condições de acesso à saúde na ilha, com infraestruturas e recursos humanos para prestar melhor serviço.

Por isso, o governante reiterou que a construção do bloco operatório é uma “preocupação e prioridade” para o Governo, e que para que isso se está a trabalhar em parceria com a Câmara Municipal da Boa Vista uma solução para o bloco operatório que diz ser “urgente e emergente”.

Instado pela Inforpress a precisar uma data para o arranque e previsão da conclusão da obra que se previa para segundo trimestre do corrente ano, o vice-primeiro ministro reafirmou o compromisso de trabalhar com “máxima urgência” para fechar esta operação “num curto espaço de tempo possível”, sublinhando para ainda este ano, dado a “importância e investimentos importantes” já feitos no bloco operatório.

“Cada dia que passa são mais custos financeiros e sociais para as pessoas que vivem aqui, portanto quanto mais cedo fecharmos esta empreitada será melhor para todos, dai que vamos colocar o foco e priorizar esta obra para que ela seja concluída”, disse, preferindo não avançar uma data exata para, como disse, não estar a comprometer-se demais.

Hoje, segundo dia da visita, à Boa Vista, o governante visitou as obras do largo da Praça Santa Isabel e ali afirmou o Governo esta a trabalhar em parceria com a Câmara Municipal da Boa Vista para criar condições para ter recursos financeiros para que o término da obra seja mais breve possível.

Vincou a importância do equipamento para criar centralidade do ponto de vista turístico, cultural, económico e social para a cidade de Sal Rei e para a ilha da Boa Vista.

Entretanto, ainda sobre este projeto, na sexta-feira, 12, o ministro do Turismo e Transportes, Carlos Santos, que também se encontra na ilha da Boa Vista, anunciou durante encontro com operadores económicos que o Governo autorizou a atribuição de um aval de 220 mil contos à Sociedade de Desenvolvimento Turístico de Boa Vista e Maio (SDTBM) para garantir a conclusão das obras de requalificação do Largo de Santa Isabel.

Olavo Correia e Silva que manteve ainda encontro com operadores económicos da ilha, adiantou que o Governo vai trabalhar também em parceria com a Câmara Municipal da Boa Vista para ter na ilha uma casa do empreendedor para que os empresários e mulheres empresárias possam ter um único balcão onde poderão obter toda informação e suporte, para que haja “maior e rápido acesso aos financiamentos” e que as empresas possam ter todo o apoio para serem bem-sucedidas com projetos que tenham sucesso.

Ainda hoje, Olavo Correia visitou a obra do centro de saúde reprodutivo, a zona do bairro de Boa Esperança, a lixeira municipal, a empresa Água e Energias da Boa Vista (AEB) e o Centro de Emprego e Formação Profissional.

Ao final da tarde manteve um encontro com jovens empresários da ilha da Boa Vista.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Deixe um comentário

Follow Us