Bolsa de Valores prepara com ONG lançamento da primeira obrigação social azul

A Bolsa de Valores de Cabo Verde (BVC) está a preparar para o lançamento no mês de Junho, da primeira ‘Social Blue Bond’ (obrigação social azul) de uma ONG cabo-verdiana, voltada para o financiamento dos negócios do mar.

 

A informação foi avançada à Inforpress pelo presidente da BVC, Miguel Monteiro, realçando que é primeira vez que uma Organização Não Governamental (ONG) está a recorrer à Bolsa de Valores para financiar as suas acções.


“Isto vai permitir debelar um pouco as condições das famílias que, naturalmente recorrem a esta ONG, mas também avançar com a parte da economia azul. Estamos a falar em concreto dos pescadores, peixeiras e pessoas que queiram investir neste mercado das pescas, e que recorrem normalmente a ONG, e que virão seus intentos serem alcançados através desse financiamento nesse âmbito”, explicou.


Miguel Monteiro não avançou, por ora, nem o nome da ONG, nem o número das obrigações a ser emitido.


Na sexta-feira, 28, a BVC realiza um webinar alusivo aos instrumentos sociais, visando a preparação para o lançamento dessa obrigação social, que poderá “ajudar um pouco” na mitigação dos efeitos da pandemia.


“Isto enquadra-se no âmbito da nossa responsabilidade e sabendo que esta ONG sabe claramente que por causa da pandemia há muitas famílias e a sociedade no seu todo que passa necessidade”, realçou.


A BVC conta entre os meses de Junho e Julho fazer mais três emissões de obrigações corporate de empresas públicas e privadas.

 

Inforpress/Fim

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest