Cabo Verde referenciado no relatório da Solidariedade Olímpica como “líder mundial de inovação”

Cabo Verde foi referenciado no relatório da Solidariedade Olímpica de 2021 como “líder mundial de inovação” na realização de projetos sustentáveis, tendo como exemplo o curso de esgrima realizado em São Vicente, Santo Antão, Sal, Boa Vista e Santiago.

O curso, que beneficiou 43 formandos, foi promovido pelo Comité Olímpico Internacional (COI) sob o comando do treinador da modalidade, André Pereira, campeão português de pentatlo moderno e mestrado executivo em Gestão de Organizações Desportivas.

No relatório da organização olímpica do COI, maior financiador do Comité Olímpico Cabo-verdiano (COC) e a Federação Cabo-verdiana de Esgrima foram referenciados como exemplo de inovação, depois de utilizar parte de equipamentos reciclados para realizar o curso, lançando a ideia para que outros países sigam o exemplo.

O documento, publicado no capítulo dedicado à “Estruturas administrativas sólidas e sustentáveis” e referente à “Gestão dos Comités Olímpicos e partilha de experiências”, elenca ainda os ganhos que país vem tendo e destaca a gestão do comité olímpico nacional, “que tem aproveitado de forma significativa e bem gerida dos programas disponibilizados pela Solidariedade Olímpica”.

“Nos últimos anos, o Comité Olímpico Nacional cabo-verdiano tem sido um líder mundial na imaginação e depois na implementação dos projectos típicos do século XXI, com a ambição de modelá-los e compartilhá-los com outros comités olímpicos nacionais”, refere o documento.

A mesma fonte frisa que, desde 2017, o COC tem estado activo na organização de cursos para administradores desportivos, destacando a realização, em 2019, do curso avançado de gestão desportiva.

“Numa nação insular, estes tipos de programas facilitam o sentimento de comunidade e ligação. Tal como os intercâmbios que tem realizado com São Tomé e Príncipe, Moçambique e Guiné-Bissau”, lê-se no documento.

De referir que em 2016 o projecto Verde Olympics foi referenciado como exemplo a seguir por outros comités olímpicos, no que diz respeito à ligação entre o desporto e a preservação ambiental.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest