Câmara lança concurso de Canizade no quadro do projeto Ocupa nos Mosteiros

 A Câmara Municipal de Mosteiros apresenta hoje, na biblioteca municipal, o concurso Canizade com objetivo de salvaguardar “uma das importantes tradições” do município e da ilha do Fogo.

A autarquia de Mosteiros, através do pelouro da Cultura, numa nota de imprensa, indica que a primeira edição do concurso Canizade enquadra-se na programação das festas do município e da terceira mostra municipal de teatro, programados para o mês de Agosto.

O concurso, que é socializado hoje, é uma das atividades do projeto de Oralidade, Cultura e Património (Ocupa), inscrito no programa de Memória, Cultura, Tradição e Ação (Meta) da autarquia de Mosteiros.

Estes dois instrumentos fazem parte do Plano Estratégico Municipal de Desenvolvimento Sustentável de Mosteiros.

Com o concurso de Canizade, além de salvaguardar “uma das importantes tradições” da ilha, a câmara de Mosteiros pretende valorizar este património imaterial e reconhecer o contributo dos agentes que mantém viva esta manifestação cultural, que é uma das vertentes das tradicionais festas populares das bandeiras.

O ato de lançamento do concurso conta com a participação de grupos de Canizade do município de Mosteiros.

Na totalidade a autarquia de Mosteiros vai disponibilizar 100 mil escudos para prémios, sendo 50 mil para o grupo vencedor, 30 mil para o segundo classificado e 20 para o terceiro classificado.

Inforpress/

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest