CAN’2023: Cabo Verde começa a preparar “jogo decisivo” com Moçambique

A seleção cabo-verdiana de futebol inicia hoje, dia 16, à tarde os treinos de preparação para o jogo com Moçambique, referente a segunda jornada do CAN’2023, agendado para sexta-feira, 19, com Moçambique, no Estádio Félix Houphouët-Boigny, em Abidjan.

O chefe da delegação cabo-verdiana na 34ª edição da prova, Inácio Carvalho, afiançou à Inforpress que o treino vai realizar-se num estádio alternativo, ao Estádio Félix Houphouët-Boigny (palco do jogo), em Abidjan com boas condições de trabalho e que se situa a 10 minutos da unidade hoteleira onde se encontra instalada a selecção nacional.

Para este que é o primeiro vice-presidente da Federação Cabo-verdiana de Futebol, conhecido nas lides desportivas por Bala, reina um clima de “muita alegria, confiança e camaradagem” no seio do grupo de trabalho, alegando que toda a comitiva se encontra muito alegre depois da “grande vitória no jogo inaugural diante do Gana”.

Ainda assim, fez questão de expressar que todo o colectivo, sobretudo os jogadores já estão alertados que “foi só uma vitória” e que, doravante, todas as atenções estão sendo concentradas no “jogo decisivo com a equipa nacional de Moçambique”, indicando que este “derby” lusófono vai ser determinante para Cabo Verde se qualificar à segunda fase.

“O nosso pensamento está todo à volta deste jogo de sexta-feira. Passo a passo, vamos nós com a missão de atingir o nosso objectivo”, referiu à Inforpress, dando conta que o jogo contra Gana “graças a Deus não deixou mazelas nos jogadores”.

Por este facto, realçou que praticamente “todos continuam disponíveis, à excepção do defesa Stopira que continua com queixas que impediu o atleta de entrar na convocatória inaugural”.

Bala disse que todas as indicações levam a crer que o experiente defesa poderá ser recuperável para o próximo embate, mas que tudo vai depender do estado da evolução do jogador que continua entregue ao departamento clínico liderado pelo doutor Nuno Duarte.

Cabo Verde, fruto da vitória 2-1 ao Gana, em jogo realizado no domingo, lidera o Grupo B com três pontos, seguido de Moçambique e Egipto, um ponto cada, ao passo que Gana está em quarto lugar, ainda sem pontuar.

Os Tubarões Azuis, nome por que é conhecida a selecção de Cabo Verde, voltam a entrar em campo na próxima sexta-feira, 19, para um derby lusófono ante a congénere de Moçambique.

De acordo com o regulamento divulgado pela Confederação Africana de Futebol (CAF), passam à fase seguinte os dois primeiros classificados de cada grupo, mais os quatro melhores terceiros da fase de grupos.
Esta é a quarta participação de Cabo Verde no CAN, depois de África do Sul, em 2013, Guiné Equatorial, em 2015 e Camarões em 2021.

Divisão dos grupos

Grupo A: Costa do Marfim; Nigéria, Guiné Equatorial e Guiné-Bissau

Grupo B: Egipto, Gana, Cabo Verde e Moçambique

Grupo C: Senegal, Camarões, Guiné-Conacri e Gâmbia

Grupo D: Argélia, Burkina Faso, Mauritânia e Angola

Grupo E: Tunísia, Mali, África do Sul e Namíbia

Grupo F: Marrocos, RD Congo, Zâmbia e Tanzânia

Inforpress/Fim

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest