CAN’2024: FIFA autoriza Cabo Verde a utilizar guarda-redes Bruno Varela

A FIFA concedeu, esta segunda-feira, 18, à Federação Cabo-verdiana de Futebol a autorização para utilizar o capitão e guarda-redes do Vitória de Guimarães (Portugal), Bruno Varela, em compromissos oficiais, apurou hoje a Inforpress.

“Luz verde para Bruno Varela vestir a camisola de Cabo Verde! A federação do país africano aguardava o ‘sim’ por parte da FIFA para poder utilizar o guardião do Vitória SC e a resposta positiva chegou a tempo do CAN’2024’, em janeiro próximo” escreveu esta segunda-feira o Guimarães Digital, citando o zero.zero.pt.

Com raízes cabo-verdianas, o guarda-redes de 29 anos estreou-se pelos Tubarões Azuis, nome pelo qual é conhecida a seleção cabo-verdiana, em outubro, quando foi o titular da derrota (5-1) frente à sua similar da Argélia, num jogo de cariz particular.

Varela, que é internacional pela seleção de formação de Portugal, falhou, depois, os jogos de qualificação para o Mundial’2026, frente a Angola (empate 1-1) e vitória frente a Eswatini (2-1) por falta de autorização superior.

Agora o guardião pode representar o seu país de origem e até pode afectar directamente o Vitória de Guimarães já em janeiro, já que qualificada para o CAN, a “selecção de Cabo Verde chamará, em condições normais, Bruno Varela para a fase final, desfalcando assim, durante um mês, os vitorianos.

A confirmar-se, Bruno Varela vai falhar, pelo menos, os jogos contra SC Braga, FC Arouca, Estrela da Amadora e Gil Vicente, dependendo o seu regresso a Portugal da campanha dos Tubarões Azuis.

Inforpress

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest