CMP oficializa a conclusão de projeto da rede eléctrica de média tensão de Palha Sé

A Câmara Municipal da Praia oficializou hoje a conclusão do projeto da rede eléctrica de média tensão predial e pública da zona de Palha Sé, na Cidade da Praia, concretamente no perímetro PD3, orçado em 1500 contos.

Segundo o presidente da câmara, Francisco Carvalho, que falava à imprensa durante a oficialização do projeto, a iniciativa surgiu quando os moradores da zona procuraram a autarquia para colocar preocupações com energia, água e acessibilidades.

“A câmara apoiou os moradores neste projeto, com cerca de 1500 contos, que vai da ligação de eletricidade a parte de ligação de água no outro perímetro”, elucidou Francisco Carvalho.

A mesma fonte indicou que o dinheiro que investiu para a concretização desta iniciativa foi conseguido através da venda de um carro de marca Toyota V8, que pertencia à câmara.

Com o dinheiro do carro, precisou, uma parte foi utilizada para o projecto de rede eléctrica de média tensão predial e pública da zona de Palha Sé, uma outra parte serviu para a compra de equipamentos para os trabalhadores da área do saneamento da câmara, e a última parte será utilizada para a resolução do problema de campos de ténis para crianças na zona da Várzea.

O presidente da Câmara Municipal da Praia aproveitou para apelar ao Instituto das Estradas de Cabo Verde para se juntar à autarquia e ajudar esses moradores a ultrapassarem a barreira de acessibilidade, sobretudo a resolução da estrada de duas rotundas.

Questionado se já tentou junto desta entidade, neste caso, o Instituto das Estradas, para tentar resolver esta questão, Carvalho afirmou que estão em diálogo e mostrou-se “satisfeito e esperançoso” de que esta entidade vai apoiar a câmara a ultrapassar a situação.

Um morador de Palha Sé, por sua vez, que se diz representante dos moradores da zona, Ajackson Carvalho, realçou que realmente os moradores locais têm tido maiores constrangimentos no acesso à zona, apontando que o factor “essencial” da acessibilidade desta zona é a da rotunda que dá acesso ao São Francisco e a outra do Aeroporto.

O de projeto da rede eléctrica de média tensão de Palha Sé iniciou-se no mês de Fevereiro e os moradores tomaram a iniciativa de envolver a Câmara Municipal da Praia e a Electra, com intuito de conseguirem o apoio para a colocação da rede pública e predial e acessibilidade da zona, que alberga actualmente cerca de 300 famílias, conforme Ajackson Carvalho.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Pode gostar também

Deixe um comentário

Follow Us