Covid-19: “É preciso estar atento às mudanças comportamentais das crianças durante a pandemia” – psicóloga

A psicóloga Jaclin Freire alerta para a necessidade de os pais estarem atentos às mudanças de comportamento das crianças durante a pandemia de covid-19, uma forma de evitar problemas de foro mental no futuro.

 

 

Jaclin Freire, que falava à Inforpress sobre a importância do acompanhamento psicológico durante o período da pandemia, indicou que a atenção a este grupo específico “é necessária”, pois, estudos apontam que esta roptura na vida social das crianças poderá ter impacto no futuro.


“Os pais têm que estar atentos à forma como as crianças lidam com a situação porque muitas das vezes há alterações comportamentais”, avançou.


Explicou que o mundo vive um período de mudanças, quer para as crianças ou adolescentes, quer para os adultos, que tiveram de mudar na forma de trabalhar, assim como para os idosos que ficaram mais alertas às situações de risco.


“O importante é conhecer os sinais pré, durante e pós-pandemia, perante alterações em que há dificuldade de adaptação à nova realidade, nomeadamente a nível da alimentação, do sono, da agressividade, entre outros”, aconselhou a psicóloga.


Nesta linha, recomendou a procura de ajuda profissional, para que se possa conhecer os factores e possíveis mudanças, em que são aplicados procedimentos para inverter a situação.


Jaclin Freire, que é psicóloga clínica e ponto focal das intervenções da saúde mental e nível central no sistema nacional, considera ser “importante” também que “as pessoas busquem esse apoio”.


Cabo Verde contava até quinta-feira com 2.512 infecções pelo novo coronavírus e 26.116 casos recuperados. A pandemia de covid-19 já fez 253 óbitos no arquipélago, oito óbitos por outras causas e nove transferidos, perfazendo um total acumulado de 28.898 casos positivos.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest