Covid-19: UE quer levar produção de vacinas para África – Von der Leyen

A União Europeia (UE) está a preparar uma iniciativa para desenvolver a capacidade de fabricar vacinas contra a covid-19 em África, anunciou hoje a presidente da Comissão Europeia, Ursula Von der Leyen.

“Estamos a trabalhar numa iniciativa para investir mil milhões de euros do ‘Team Europe’ para desenvolver o fabrico de vacinas em África, a própria capacidade em África”, anunciou a líder do executivo comunitário, em conferência de imprensa.


Segundo Von der Leyen, a iniciativa visa também levar “tecnologias mRNA (como as usadas pelas farmacêuticas Pfizer e Moderna) para África, algo que ainda não aconteceu até agora”.


“É uma iniciativa específica com os nossos parceiros africanos, não só para a produção, desenvolvendo as capacidades de fabrico e ainda competências para a gestão da cadeia de abastecimento”, salientou.


Um dos aspetos da parceria, explicou, é a elaboração do “quadro regulamentar necessário através da Agência Africana de Medicamentos”.


Falando no final do Conselho Europeu extraordinário, Ursula Von der Leyen acrescentou que as farmacêuticas BioNtech/Pfizer, Moderna e Johnson&Johnson se comprometerem a entregar 1,3 mil milhões de doses de vacinas em 2021 a custo zero para países de baixo rendimento e a um preço reduzido a países de médio rendimento.


O pacote ‘Team Europe’ foi constituído em abril de 2020 para apoiar os países parceiros na luta contra a pandemia do novo coronavírus e as suas consequências.


O objetivo da abordagem ‘Team Europe’ é combinar recursos da UE, dos seus Estados-membros, e das instituições financeiras, em particular o Banco Europeu de Investimento e o Banco Europeu para a Reconstrução e Desenvolvimento.


A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.475.079 mortos no mundo, resultantes de mais de 167,1 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.


África registou 128.718 óbitos desde o início da pandemia, e um total de 4.768.416 casos, segundo o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC).


A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

 

Lusa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest