CPI sobre Fundos de Sustentabilidade Social para Turismo e do Ambiente ausculta entidades a partir de segunda-feira

A Assembleia Nacional informou hoje que a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) vai dar continuidade, este mês, aos trabalhos sobre a Gestão do Fundo de Sustentabilidade Social para o Turismo e do Fundo do Ambiente.

Em comunicado, esse órgão legislativo, que, entre outras, tem por função a fiscalização do executivo e da constitucionalidade das leis, informa que as próximas audições terão lugar nos dias 25, 26, 27 de Março e 02 e 03 de Abril, na sala multiuso da Assembleia Nacional.

Conforme a mesma fonte, tais reuniões têm como objetivo ouvir e analisar as declarações das personalidades envolvidas com os factos relativos ao inquérito, sendo que desta feita, a CPI vai debater a gestão do Fundo do Turismo seguindo uma agenda de trabalho por cinco dias.

Neste âmbito, segunda-feira, 25, a audição parlamentar vai auscultar Hernâni Trigueiros, ex-administrador do Fundo do Turismo, o ex-diretor geral de Planeamento, Orçamento e Gestão do Ministério do Turismo e Transporte, Francisco Moreira, o ex-diretor geral de Planeamento, Orçamento e Gestão do Ministério do Turismo e Transporte, José Silva e o administrador do Instituto do Turismo de Cabo Verde, Francisco Martins.

Na terça-feira, a audição seguirá com o ex-administrador do Fundo do Turismo, Soeli Santos, o PCA do Fundo do Turismo, Manuel Ribeiro, o presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz, Carlos Silva, e o presidente da Câmara Municipal de São Miguel e presidente da Associação Nacional dos Municípios de Cabo Verde, Herménio Fernandes.

Na quarta-feira, a audição parlamentar vai auscultar os ex-presidentes das câmaras da Boa Vista, José Luís Santos, da Ribeira Grande, Orlando Delgado, de São Vicente, Augusto Neves e do Sal, Júlio Lopes.

Ainda a agenda preparada continua no dia 02 de Abril com audição com o ex-presidente da Câmara Municipal da Praia, Óscar Santos, o inspector das Finanças Renato Fernandes e com o ministro do Turismo, Carlos Santos.

No dia 03 de Abril, a CPI vai auscultar o ministro do Ambiente, Gilberto Silva, e o vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças, Olavo Correia.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest