“Deputada Eva Ortet está desatualizada e alheia à realidade do Fogo”, diz Filipe Santos

O deputado nacional eleito pelo círculo eleitoral do Fogo na lista do Movimento para a Democracia (MpD-situação), Filipe Santos, considerou hoje que a deputada Eva Ortet está “desatualizada e alheia à realidade” da ilha.

O parlamentar também classificou de “infundadas” as declarações, proferidas por “alguém que está desatualizado e ausente da realidade da ilha”, ao reagir em comunicado às preocupações levantadas pela deputada eleita pela lista do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV-oposição) no domínio de saúde.

Filipe Santos mencionou que faz anos que a deputada “não reside em Cabo Verde” e a sua ausência nos trabalhos do parlamento e a sua ausência na ilha são “notórias” e não pode falar com propriedade sobre o que se passa na ilha do Fogo.

O deputado enumerou um conjunto de ganhos que a ilha conquistou no sector da saúde como instalação de novos equipamentos nos centros de saúde dos três municípios para prestação de serviços de análises clínicas, imagiologia, fisioterapia, estomatologia, ginecologia e obstetrícia, equipamentos de última geração para exames de hematologia, bioquímica, imunologia e ionograma, ecografia e RX digital no Hospital Regional São Francisco de Assis (ARSFA).

A instalação do laboratório de virologia, equipamentos de segurança na transfusão de sangue, de urgência e emergência no HRSFA, construção de um posto sanitário em Chã das Caldeiras constam da lista dos ganhos apontados pelo deputado, através de um comunicado divulgado hoje.

O parlamentar indicou que está em processo de instalação uma incineradora para tratamento do lixo hospitalar, a remodelação do centro de saúde de São Filipe (em planeamento), a construção do centro de saúde de Santa Catarina, a remodelação e o equipamento dos blocos operatórios no âmbito do projeto “cirurgias seguras” estão programados e em fase de planeamento.

Disse ainda que todo este investimento contribuiu para a redução da transferência de doentes para o Hospital Universitário Agostinho Neto.

Quanto aos recursos humanos, indicou que está em curso um concurso nacional para recrutar enfermeiros e médicos para todo o país, incluindo a ilha do Fogo.

Para Filipe Santos, a deputada da oposição “não tem moral” para questionar o Governo sobre transparência e aconselhou Eva Ortet a resolver primeiro os problemas dentro do seu próprio partido.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest