Basquetebol: Edy Tavares renova contrato com Real Madrid por mais cinco anos

Aos 32 anos, o internacional cabo-verdiano passa a ganhar cerca de 3 milhões de euros por ano com esta renovação do contrato.

A informação que foi avançada pelo Basketnews, site de notícias norte-americano sobre basquetebol, dá conta que após alguns meses de negociação, o basquetebolista internacional cabo-verdiano Edy Walter Tavares e o Real Madrid, clube espanhol onde está há cerca de sete anos, chegaram a um acordo de renovação de contrato por mais cinco anos ao lado dos Los Blancos.

Ainda no mesmo site, relata-se que uma das razões pela qual as negociações se estenderam por meses, deve-se a algumas divergências em torno das mesmas.

Segundo o Basketnews, Edy Tavares é o jogador mais bem pago do clube e por várias vezes está entre os mais bem pagos da Euroliga. Com esta contratação, Tavares passa a ganhar um salário de cerca de 3 milhões de euros líquidos, por ano.

Edy Tavares tem estado a jogar pelo Real Madrid desde 2017, na última temporada o jogador contabilizou em média 9,4 pontos, 6,5 rebotes, 1,5 bloqueios e 14,9 pontos em 34 jogos.

Além disso, o basquetebolista conta com três títulos de Melhor Defesa do Ano da Euroliga, é bicampeão da Euroliga e considerado líder de “o líder de todos os tempos da liga em blocos”, sendo que no verão passado a NBA manifestou interesse pelo jogador.

Em agosto de 2023, durante o Mundial de Basquetebol, em Japão, o nome de Edy Tavares e de Cabo Verde foram destaque no jornal desportivo Marca (Espanha), numa reportagem intitulada “O milagre de Tavares e seus colegas – o país mais pequeno na história dos mundiais”, em que o diário eletrónico apontou o jogador como “o artífice” da qualificação de Cabo Verde e justificou com números a importância do basquetebolista na caminhada para o Mundial da Ásia.

Na altura, a média de Tavares rumo ao Mundial foram de 23,4 de aproveitamento com 14,7 pontos, 11,7 rebotes, 2,3 bloqueios e saldo de 10,6 pontos a favor quando esteve na quadra.

Cabo verde terminou a sua participação no mundial de basquetebol na 28.ª posição entre as 32 seleções que participaram. 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest