CAN’2023: “Lendários da CAF” Heldon Ramos transmite força à seleção cabo-verdiana em Abidjan

O futebolista internacional cabo-verdiano Heldon “Nhuck” encontra-se na Costa do Marfim como convidado da Confederação Africana de Futebol (CAF) no 36.º CAN, tendo visitado a seleção cabo-verdiana para transmitir a sua euforia pela vitória sobre o Gana.

Nhuck foi convidado como “uma das lendas da CAF”, pelo que, este que é referenciado como o maior goleador da história de Cabo Verde no CAN e um dos mais internacionais cabo-verdianos na modalidade do futebol, é distinguido pela instância que superintende o futebol africano, na sua página oficial.

“Heldon Ramos foi transmitir todo o seu apoio aos jogadores da seleção de Cabo Verde, após a brilhante vitória sobre o Gana”, escreve a CAF.

Ao serviço da seleção de Cabo Verde, Heldon Ramos contabiliza 50 internacionalizações e 15 golos, tendo participado em duas fases finais do Campeonato Africano das Nações em 2013 na África do Sul e em 2015 na Guiné-Equatorial.

Em 2019, o futebolista, que é o melhor marcador de sempre da seleção nacional, colocou um ponto final na sua carreira internacional, vestindo as cores de Cabo Verde.

Heldon Ramos, de 34 anos, natural da Ilha do Sal, está de regresso ao futebol cabo-verdiano, depois de 17 anos no futebol profissional, já que joga actualmente no Académico do Aeroporto do Sal depois de ter representado Os Belenenses de Portugal, na época transacta.

Tem no seu currículo passagem por clubes como Marítimo, Sporting, Rio Ave, Vitória de Guimarães, e ainda passagem por Espanha e pelo futebol do Médio Oriente.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest