Fogo: Vulcânico desperdiça chance de assumir liderança ao consentir empate depois estar a vencer por 3-0

O Vulcânico desperdiçou a oportunidade de passar para a liderança do campeonato regional do primeiro escalão ao consentir um empate depois de estar a vencer por 3-0 o Botafogo, no jogo a contar para a oitava jornada.

A agremiação desportiva mais antiga de São Filipe e que este ano assinalou o 70º aniversário entrou melhor no jogo e aos três minutos, Gato aproveitou uma das muitas falhas da linha recuada do Botafogo para inaugurar o marcador.

Aos 13 minutos Luisinho, alimentou para 2-0, resultado com que terminou a primeira parte e que pecou por ser escasso já que a formação do Vulcânico criou pelo menos mais três oportunidades de golos que foram negados pelo guarda-redes do Botafogo, Oblack,

O Botafogo nos primeiros 30 minutos conseguiu apenas um remate, mas na ponta final do primeiro tempo deu sinal de que queria discutir o jogo e inverter o resultado.

A segunda parte iniciou com o domínio do Vulcânico, mas aos dois minutos sofreu um golpe com a expulsão do guarda-redes Moleza por ter jogado a bola com a mão fora da área.

Com menos um jogador em campo e a fazer muito antijogo, foi a formação do Vulcânico, que numa jogada de contra-ataque com os Mosteirenses Sotá a receber e a fazer o passe para o seu companheiro Luisinho, que depois de evitar um defensor do Botafogo, dentro da área, rematou forte e colocado sem hipótese para o guarda-redes, elevando assim a vantagem para 3-0.

A formação do Botafogo, reduziu a desvantagem ao meio do segundo tempo, aos 22 minutos, por intermédio de Tui, que aliás foi o homem do jogo ao apontar três golos, todos de cabeça, dando assim um ponto ao Botafogo que continua na liderança.

Antes, no minuto 16, Tui de cabeça rematou para uma defesa apertada de José Pedro que defendeu as redes do Vulcânico na segunda parte com a expulsão de Moleza. Na recarga o mesmo jogador, Tui, não conseguiu dar melhor sequência ao lance.

O árbitro da partida, David Monteiro, deu 17 minutos de compensação, que se justifica pelo anti jogo dos jogadores do Vulcânico, e só no lance de expulsão de Moleza e da sua substituição foram consumidos oito minutos.

Aos 48 minutos do segundo tempo, já nas compensações, Tui, voltou a saltar mais alto e a bater o guarda-redes José Pedro e aos 53 fixou o resultado em 3-3.

O empate castiga o Vulcânico que perdeu tempo em demasiado com o antijogo e este empate com sabor a derrota é também por culpa do próprio guarda-redes Moleza que na jogada da expulsão não tinha necessidade de sair da sua área.

Quem aproveitou o empate foi a formação da Académica que foi aos Mosteiros golear o Grito Povo por 4-0, conquistando assim dois preciosos pontos em relação aos seus adversários diretos na corrida ao título, Botafogo e Vulcânico, estando agora a dois pontos do líder, Botafogo, e a um ponto do segundo classificado, Vulcânico.

No outro jogo disputado no campo de São Lourenço, registou igualmente um empate a três golos, desta feita entre o ABC de Patim e o Valencia.

A formação de Patim marcou primeiro por intermédio de Djica, que transferiu de Valência para a formação de Patim, mas a equipa de São Filipe deu a volta ao resultado, com Kevi a igualar a partida e Flávio a colocar a formação de Valência em vantagem, resultado do primeiro tempo.

No segundo tempo, Júnior que regressou depois de um período de lesão, marcou para o ABC, restabelecendo a igualdade a dois golos, mas aos 33 minutos, Já deu novamente vantagem para Valência e no período de compensação, Djica, de pênalti restabeleceu a igualdade.

Nos Mosteiros, no segundo jogo a formação de Cutelinho venceu os Unidos do Norte por 2-1 e no estádio Monte Pelado o Desportivo de Cova Figueira consentiu um empate a um golo frente ao Nô Pintcha dos Mosteiros.

Resultado dos jogos da oitava jornada: Valencia 3 – ABC de Patim 3, Vulcânico 3 – Botafogo 3, Grito Povo 0 – Académica 4, Cutelinho 2 – Unidos do Norte 1 e Desportivo 1 – Nô Pintcha 1.

Classificação após a realização dos jogos da oitava jornada: Botafogo lidera com 19 pontos, seguido do Vulcânico 18, Académica 17, Cutelinho 15, Unidos do Norte, Valência e No Pintcha com nove, ABC de Patim com sete, Grito Povo com seis pontos e Desportivo de Cova Figueira com quatro pontos.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest