São Vicente recebe campeonato nacional de andebol feminino a partir de quinta-feira

São Vicente recebe na quinta-feira, 18, o campeonato nacional de andebol feminino com a participação duas equipas da ilha, o atual campeão nacional, Atlético, e o vice-campeão regional, Amarante, e mais seis equipas que representam outras ilhas.

Esta Informação foi avançada hoje em conferência de imprensa pelo presidente da Associação Regional de Andebol, Luís Fortes, que informou que a abertura do campeonato está prevista para as 16:00, no Polidesportivo Município de Oeiras, com desfile das equipas participantes, e os jogos as 17:00.

“Temos Santo Antão, dois clubes de São Vicente, o campeão nacional Atlético e o Amarante vice-campeão regional, temos os representantes de Santiago Norte e de Santiago Sul, Fogo, São Nicolau e da Ilha do Sal”, afirmou.

Conforme o responsável, as caravanas já começaram a chegar e já se encontram em São Vicente quatro equipas instaladas, das quais uma de arbitragem.

“Conseguimos instalar caravanas no Centro de Estágio e no Lar de Estudantes Leonel Madeira e tivemos apoio da Câmara Municipal de São Vicente, que apoiou esta iniciativa de receber o campeonato em São Vicente, e do Instituto do Desporto e da Juventude (IDJ)”, destacou, realçando que esta é a terceira vez que a sua direção recebe campeonatos nacionais de andebol, sendo duas vezes no escalão feminino e uma vez no escalão masculino.

No entanto, segundo o presidente da Associação Regional de Andebol, algumas equipas relataram que estão desfalcadas ou sem alguns jogadores fundamentais porque as entidades patronais não quiseram dispensar as atletas para participar na prova.

“Queremos sensibilizar as entidades patronais para disponibilizar a participação das atletas neste evento”, pediu Luís Lima Fortes, que informou que durante o campeonato um treinador internacional estará em São Vicente a observar possíveis atletas para integrar a Seleção Nacional para participar em competições nacionais.

Devido à envergadura do evento, o presidente da Associação Regional de Andebol defendeu a necessidade de São Vicente ter um espaço para acolher uma competição, salientando que o Polidesportivo Município de Oeiras já se faz pequeno para receber os atletas e os adeptos.

“São Vicente precisa de um espaço para um campeonato nacional desta envergadura. Em várias ilhas temos gimnodesportivos muito grandes, mas em São Vicente continuamos a ter o polivalente de Oeiras que está sempre superlotado. Já tivemos problemas com adeptos em assistir o campeonato porque não cabe toda a gente e chega certa altura que temos de parar a entrada das pessoas”, afirmou Luís Fortes, citando outros constrangimentos relacionados com a iluminação do campo e a falta de rede, entre outras.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest