PM garante que “não haverá problemas financeiros” para a participação de Cabo Verde no Mundial de Andebol

O primeiro-ministro garantiu esta quarta-feira, 27, que “não haverá problemas financeiros” para a participação da seleção nacional no Mundial de andebol sénior masculino a disputar-se na Polónia e na Suécia, de 12 a 29 de Janeiro de 2023.

Ulisses Correia e Silva fez estas declarações durante o ato de condecoração com o Primeiro Grau da Medalha de Mérito Desportivo da Seleção Nacional de Andebol Sénior Masculino pelos feitos alcançados no Campeonato Africano das Nações (CAN’2022).

O Chefe do Governo disse que há um compromisso de um financiamento que precisa ser resolvido e que o Governo está já a resolver.

“Podem estar descansados. Não haverá problemas financeiros para a nossa participação no Mundial”, garantiu o primeiro-ministro aos elementos da seleção cabo-verdiana de Andebol, que se sagrou vice-campeã da África no CAN’22.

Ulisses Correia e Silva relembrou, igualmente, um compromisso que foi assumido pelo Governo de atribuição de prémios para as equipas nacionais ou as modalidades individuais que atinjam os três primeiros lugares em competições internacionais e regionais.

“Portanto, vamos cumprir, já temos disponibilidade. São 10 mil contos que serão disponibilizados brevemente, estamos a tratar de questões operacionais para poder, de facto, dar a devida resposta ao compromisso, queremos que mais outros campeões se apresentem, é dinheiro bem investido, estaremos a cumprir”, disse.

Cabo Verde já conhece os seus adversários para o Campeonato do Mundo de 2023, que vai contar com a participação de 32 seleções, sendo a Dinamarca a atual campeã em título.

O sorteio ditou que Cabo Verde fique integrado no Grupo C, onde enfrenta as equipas da Suécia, Brasil e Uruguai.

Na última edição, realizada no Egipto, Cabo Verde foi obrigado a abandonar a competição devido ao aparecimento de um surto de covid-19 no seio da comitiva cabo-verdiana.

A turma cabo-verdiana chegou a estrear-se na prova na derrota frente à sua congénere da Hungria por 27 -34.

De referir que os cinco primeiros classificados do CAN´2022 ( Egipto, Cabo Verde, Marrocos, Tunísia e Argélia) qualificaram-se para o Campeonato do Mundo de 2023.

Divisão dos grupos:

Grupo A: Espanha, Montenegro, Chile e Irão.

Grupo B: França, Polónia, Arabia Saudita e Eslovénia

Grupo C: Suécia Brasil, Cabo Verde e Uruguai

Grupo D: Islândia, Portugal, Hungria e República Tcheca

Grupo E: Alemanha, Qatar, Servia e Argélia

Grupo F: Noruega, Macedónia do Norte, Argentina e Holanda

Grupo G: Egipto, Croácia, Marrocos e Estados Unidos da América

Grupo H: Dinamarca, Bélgica, Bahraim e Tunísia

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Deixe um comentário

Follow Us