Voleibol: Seven Stars acusa federação de “tentar impedir” a sua equipa de defender título e exige demissão do presidente

O Clube Juvenil Seven Stars acusou hoje o presidente da Federação Cabo-verdiana de Voleibol de tentar impedir a sua equipa sénior feminina de defender o título no próximo campeonato nacional e exige a demissão do presidente federativo.

Em carta aberta enviada à Inforpress, a direção do Clube Juvenil Seven Stars fez questão de “recordar que o Regulamento Geral das Provas no seu ponto 1.1 diz claramente que o campeão nacional tem presença garantida no campeonato nacional da época seguinte, à semelhança do que acontece em todas as modalidades”.

A comunicação do Seven Stars vem acompanhado do regulamento oficial das fases finais dos campeonatos nacionais da Federação Cabo-verdiana de Voleibol, datada de Agosto de 2022, segundo o qual “o campeonato nacional é reservado às equipas nacionais da respetiva região desportiva”, sublinhando que “uma vez que os campeões nacionais em título têm o direito de defender o título, haverá uma equipa a mais na mesma região”.

Os contactos com o presidente da Federação Cabo-verdiana de Voleibol, António Rodrigues, para uma possível reação, resultaram infrutíferas até ao momento, pelo que a Inforpress voltará ao assunto caso se justifique.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest